A Noite de Natal do Siamak...

Já aqui falei do Siamak e contei a sua história, iraniano de nascimento, meu professor de conversação em Montreal e actualmente médico psiquiatra num hospital em Londres! Encontramos-nos na última vez que fui a Inglaterra e continuamos a trocar emails. Assim vou sabendo notícias.

Antes do Natal escreveu-me dizendo que ia ficar de serviço nas Urgências Psiquiátricas nas noites de 23, 24, 25 e 26, e já que sendo o mais novo nos serviços, não era de admirar! Respondi desejando-lhe a melhor noite de Natal possível dadas as circunstâncias...
Hoje tinha um mail em que me falava dessas noites em que esteve de plantão e dizia assim:

"...believe it or not - and contrary to what I expected - the two last nights (Christmas eve and Christmas night) were the busiest night I have had so far in Psychiatric Emergency. There were many people who felt much more depressed than ever during Christmas time. Many of them were lonely people who realize the depth of their loneliness by seeing others having a wonderful time with their families and loved ones"

Traduzindo...
( acredite-se ou não - ao contrário do que eu esperava - as duas últimas noites, (Consoada e Noite de Natal) foram as noites mais ocupadas que tive até aqui nas Urgências Psiquiátricas. Houve muita mais gente que se sentiu muito mais deprimida do que em anteriores Natais. Muitos deles eram pessoas sozinhas que realizaram a sua profunda solidão vendo os outros usufruir momentos felizes junto das suas famílias e dos que amavam...")

Dizia-me ainda que uns chegavam pelo próprio pé, outros tinham sido encontrados caídos de bêbedos à porta dos pubs e até uma rapariga levada pelos próprios pais!

Como não concluir que no Natal os FELIZES são ainda MAIS FELIZES e os INFELIZES mais INFELIZES ainda?

Haja alguém que seja capaz de me contradizer...
publicado por naterradosplatanos às 20:05 | link do post | comentar