Caixas das esmolas...

Nas nossas deambulações e se a porta estiver aberta, seja uma pequena igreja ou uma catedral nós entramos. Verdade que tal como aí agora acontece, também aqui as igrejas têm horários e por isso nem sempre é possível pelo menos, espreitar o seu interior!
Porém ontem em Östersund e hoje em Uppsala tivemos sorte e isso permitiu-me verificar que o papel das caixas das esmolas e elas (as caixas) também se modernizaram. Claro que as igrejas precisam de se financiar, pois elas têm também o seu papel social... Não sei se aqui é como a minha irmã conta sobre o sistema da Alemanha onde todos descontam uma percentagem do seu ordenado para a religião que professam. Quem se declara ateu a mesma percentagem é em benefício de uma obra social. Como disse não sei como é aqui. O que sei é que nestes dois últimos dias vi duas formas de angariar esses proventos.
Ontem em Östersund deparei-me com este quadro, logo depois da porta de entrada e como podem ver na fotografia



havia uma mesa, nela a típica termos que existe em todos os lados ( café expresso... difícil de encontrar), pratinhos com bolachinhas caseiras variadas e outras doçuras, tudo com o devido preço! Portanto antes ou depois das orações podias consolar-te e simultaneamente contribuir para a tua igreja.

Hoje na catedral de Uppsala a " caixa das esmolas" era muito mais moderna e prática! É tão simples como usar um terminal de Multibanco. Insere-se o cartão, digita-se o código e de seguida aquilo com que que se quer contribuir!
Prático!



Amanhã falarei de Uppsala.
publicado por naterradosplatanos às 19:09 | link do post | comentar