Domingo, 31.07.11

No Areeiro… Recebi esta fotografia: ” bisneta ensina bisavó a fazer bolas de sabão”!

 

 * Fotografia da autoria da minha sobrinha Susana

 

Maravilhosos estes tempos em que a tecnologia nos mantém unidos estejamos a poucos ou mesmo a milhares de quilómetros, tanto dá!

Assim queiramos nós e, embora que não fisicamente, poderemos acompanhar o crescimento dos netos, dos sobrinhos netos, dos filhos dos primos e até o avançar na vida, dos pais, quiçá dos avós. 

O mundo ficou mais pequeno, as distâncias encurtaram-se, estamos aqui, ali, mais além a qualquer momento!

 

Toda esta reflexão vem a propósito de uma série de fotografias fantásticas que recebi. O melhor título para esta seria: A bisneta ensina a bisavó a fazer bolas de sabão*! Uma ternura! Entre as duas há pois duas gerações, a do avô da M., o meu irmão, e a da minha sobrinha, mãe da M. 

A bisavó tem 89, a bisneta 3 acabados de fazer.

 

Na série que recebi há-as ainda melhor mas sinto-me na obrigação de manter a privacidade das duas e por isso publico apenas esta!

 

publicado por naterradosplatanos às 07:15 | link do post | comentar | ver comentários (9)
Sexta-feira, 29.07.11

No Areeiro … a “silly season” continua.

 

No Areeiro … a “silly season” continua.

 

 

 

Como não há muito que dizer a não ser queixar-me deste calor imenso e querendo cumprir a promessa de pelo menos escrever de dois em dois dias tive que, como se costuma dizer, “dar tratos à imaginação”. E então o que saiu? O que verão e que pode ser muito útil às minhas leitoras e mesmo aos meus leitores masculinos!

 

Nota: não precisam de saber inglês basta ver!

 

 

 
 
 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 07:00 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 26.07.11

Do Areeiro... para a minha leitora mais assídua

 

 

Também tu mereces neste dia um post muito especial e não por seres assídua leitora e comentadora das banalidades que tenho andado a escrever de há uns tempos para cá!

Um post não é realmente presente que se dê a quem está sempre disponível para todos, para mim, para os meus filhos e agora para os meus netos…

 

Porém eu sei que tu nunca queres nada  de material, nada que não se consuma pois, e com razão, já que ao longo dos anos acumulamos montes de inutilidades! Depois, aqui não há “ventes de garage” e como tal nem sequer poderias “to get rid of”do eventual presente material que  pudesse oferecer-te! 

 

Assim aqui ficam mil beijos e abraços e como presente, os desejos que daqui a muitos anos ainda estejas a ler e comentar aquilo que eventualmente eu escreverei

 

 

tags: ,
publicado por naterradosplatanos às 06:00 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Domingo, 24.07.11

No Areeiro...ouvindo Dulce Pontes

A Kátia, em comentário ao meu último post, sugeriu-me esta canção da Dulce Pontes, aqui vai ela na sua cristalina voz junta à dos Cantares Alentejanos, para todas(os) que me lêem.

Obrigada à Kátia

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 20:15 | link do post | comentar
Sábado, 23.07.11

No Areeiro… foi há 42 anos, o tempo voa !

 

 

 

 

Já lá vão 42 anos em que uni o meu destino a alguém que também é leitor deste meu blog. Normalmente, pelo menos nos últimos 10 anos, temos passado este dia por aí e, este por aí significa além fronteiras… Porém este ano, depois de tantos meses do lado de lá do oceano resolvemos passa-lo na pacatez do Areeiro, à borda da água, debaixo do jacarandá e tanto quanto possível gozando as nossas muskokas…

 

Neste espaço de tempo, que agora me parece ter voado, passamos a ansiedade de uma guerra de quase três anos, educamos três filhos e a eles tivemos a alegria de lhes dar a conhecer grande parte da Europa. Tivemos também a alegria de ver os seus exitos académicos e profissionais, entretanto nasceram cinco netos, realizamo-nos também profissionalmente, "emigramos" duas vezes e agora estamos a preparar-nos para aquilo que há muito resolvemos designar por second life...

 

p.s. esta ampulheta com asas materialisa bem o conceito de que o tempo voa. Tirei-a no Campus da Universidade de Harvard (Boston)

publicado por naterradosplatanos às 10:00 | link do post | comentar | ver comentários (7)
Sexta-feira, 22.07.11

Amanhã há...

 

Amanhã há post (edição especial)!

 

p.s.desculpem a falta de assiduidade, prometo ser mais assídua a partir de agora.

publicado por naterradosplatanos às 07:04 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Domingo, 17.07.11

No Areeiro… aqui também estamos em “silly season”!

 

 

 

     Pois é exactamente como com os jornalistas, não há que dizer inventam-se notícias ou fala-se  de  banalidades. Eu não invento, embora hoje pudesse parecer, mas como documento fotograficamente não posso ser acusada de tal… de escrever banalidades talvez!

 

Então vejamos, os meus feijoeiros estão pujantes e a dar vagens de feijões com mais de meio metro como podem ver! Não, não são um fenómeno do Entroncamento mas uma variedade que trouxe comigo do lado de lá do oceano… Já cozi e comi são excelentes, tenros e sem fio, para quem gosta de feijão são absolutamente deliciosos.

 

 

 

 

 

 

 

  

 

    

 

publicado por naterradosplatanos às 14:19 | link do post | comentar | ver comentários (9)
Segunda-feira, 11.07.11

Por aí…rumo a Norte

Durante mais de 40 anos fiz esta estrada rumo a Norte sempre afirmando que da próxima vez entraria em Trancoso, mas de facto até há poucos dias nunca tinha acontecido! Mas desta vez aconteceu… passando no novo traçado da IP2, Trancoso estava a 4km e de repente decidimos entrar. Surpresa das surpresas deparamo-nos com uma linda vila(?) ou será cidade? Medieval no interior de umas belas muralhas bem conservadas! O que se me apraz dizer é que Trancoso não fica a trás daquelas cidadezinhas do interior da França, tão limpa e tão florida que estava. Realmente hoje em dia não temos que nos envergonhar do nosso património tão bem cuidado que ele está! As fotografias que junto são prova disso.

Mais ainda outro aspecto positivo neste panorama que tanto nos querem fazer crer negativo. Quando exactamente há 37 anos começámos a fazer regularmente estes percursos entre o Areeiro e Bragança a viagem demorava nunca menos de nove horas com duas ou três paragens, agora passado estes anos o tempo reduziu-se para metade, com as mesmas paragens e cumprindo os limites de velocidade…

Bragança está linda, limpa, florida e com excelentes percursos pedonais…fico contente por isso!

 

p.s. Como compreenderão as minhas leitoras e leitores agora, durante o verão, em que o Areeiro está mais movimentado é-me difícil   escrever com regularidade, porém  espero que não desanimem de o consultar mesmo se virem que ele não está actualizado...

 

 

TRANCOSO...

  

      

  

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

  

BRAGANÇA...

 

 

 

 

 

 

 

tags:
publicado por naterradosplatanos às 16:43 | link do post | comentar | ver comentários (11)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Julho 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
18
19
20
21
25
27
28
30

posts recentes

últ. comentários

  • Uma ideia óptima, de facto. Já perdi a conta às ve...
  • Eu gosto imenso dessas esplanadas. Trazem-me, semp...
  • Mundo estranho, o nosso
  • Com as teorias que andam por aí sobre o género, um...
  • No passado, estas esplanadas parisienses, algumas ...
  • gostei e ainda mais que também apreciasbjs continu...
  • My pleasure!! E que fotos bonitas de Estrasburgo.....
  • Fez anos? Parabéns atrasados...Mas verdadeiros!
  • É mesmo abençoada Dalma! Porque o melhor que a vid...
  • Relembrar com a mesma pessoa ao fim de tantos anos...

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO