Quinta-feira, 29.01.15

A Luisa dizia...

... no seu comentário que alguns dos erros, que se vêm pelas estradas, até têm certa graça, e é verdade!

Bom, ainda na EN4 fotografei mais um mas que não sei se devo sorrir, tal como a Luisa concede em alguns casos, se devo lamentar pela forma como continua a ser tão difícil distinguir entre o "há" e o "à" e não só!

 

Certamente este "escrito" foi feito por algum adolescente apressado e que obviamente tinha no bolso um desses "sprays" pronto a deixar ali prova da sua paixão!

 

No primeiro caso não foi muito explícito e deixou-me na dúvidas do que ele gostaria "há farta"...

 

image.jpg

 

...mas uns quilómetros mais à frente não deixa dúvidas que se destina a tornar público o seu amor relativamente a alguém que "ama há farta"!!

 

image.jpg

 E assim vai a gramática...

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 21:32 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Terça-feira, 27.01.15

Há muito...

Desde o Natal que não fazia um bolo! Sim, porque a Primavera não tarda aí e as dietas repentinas não surtem efeito...

Estava eu "passeando" pelos caminhos virtuais quando me dei "de frente" com uma receita de Bolo da Laranja que me pareceu tão rápido que resolvi experimentar de imediato. A única coisa desagradável que tinha era, como de costume, untar a forma!

Quando do meu ano de Canadá, por lá descobri uma margarina em spray que era uma maravilha para evitar o besuntar as mãos de cada vez que queremos fazer essa coisa desagradável... por cá ainda não encontrei!

Acho que nunca publiquei uma receita no meu blog, desta vez abro uma excepção para este Bolo de Laranja " á la minute" (verdadeiramente!), mais a mais que nos dois post o tema tem sido citrinos!

 

Utensílios: Bimby ou liquidificador

Ingredientes: conjunto A - 4 ovos, 1 chv mal cheia de óleo, 1 e 1/2 chv açúcar, 1 laranja grande ou 2 pequenas.

Conjunto B - 2 chv de farinha, 1clh sopa de fermento.

 

1° - Na Bimby ou no liquidificador colocar o conjunto A (a laranja vai com casca e apenas partida em quartos e sem caroços) triturar até ficar uma pasta fina/homogénea.

2º - Se usar a Bimby junte o conjunto B e na velocidade 2 envolva tudo. Se usar o liquidificador despeje o conteúdo A numa taça, junte o conteúdo B e envolva tudo muito bem.

Vai ao forno, em forma bem untada, à temperatura de180° durante 30 a 35 min.

Fica bonito e delicioso!

 

p.s. Demorou mais a transcrever a receita do que a preparar a massa do bolo!

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 16:57 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Segunda-feira, 26.01.15

Tempo de laranjas, tangerinas, clementinas e também de "tânjaras"...

 Este ano não me posso queixar pois o meu laranjal produziu bem, ao contrário dos dois anos anteriores, mas claro está que foi graças ao remédio da "farmácia", isto é, três sessões de Calda Bordalesa!

 

A Dulce, que só faz cultura biológica e que aqui já me deu conselhos, que me desculpe!

Os netos pequenos adoram pegar nas cestas (ao tamanho deles) e vá de se esticarem e puxarem, verdes ou maduras todas lhe servem...

 

image.jpg

 

publicado por naterradosplatanos às 18:49 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Sexta-feira, 23.01.15

"TÂNJARAS"

A estrada nacional nº4 que liga Estremoz ao Montijo, é uma estrada muito simpática.

Nós, até há pouco, íamos pela autoestrada e não sei bem porquê um dia decidimos experimentar esta e ficámos fãs. A não ser que tenhamos muita pressa de chegar a Lisboa agora é a nossa estrada.

Claro que a velocidade a que vamos é bem menor mas isso permite-nos apreciar os sítios por onde passamos e que aos poucos se nos têm tornado familiares.

Estamos no tempo das laranjas, das clementinas, das tangerinas e das tangeras, estas que são qualquer coisa híbrida entre laranja (no tamanho) e a tangerina (no sabor)!

Ao longo da estrada, nestes tempos de produção farta, há vendas com todas elas à maneira do tempo do melão.

 

 

image.jpg

 

Aqui está o anúncio de uma dessas vendas onde as tangeras passaram a TÂNJARAS! Mas a composição que as anuncia é tão bonita que poucos devem notar...

 

No meu caso é a deformação profissional adquirida ao longo de 36 anos que não me deixa escapar a mudança de nome!

 

 

tags:
publicado por naterradosplatanos às 18:23 | link do post | comentar | ver comentários (9)
Terça-feira, 20.01.15

Hoje...

Hoje foi um dia feliz pois ficou provado que, tal como a minha aluna diz, "é seguro que o Inverno gera sempre uma Primavera"!

publicado por naterradosplatanos às 18:46 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 16.01.15

Poema...

Alguém que me é muito muito querido, enviou-me este poema. Não lhe pedi licença para o publicar mas sei que ela ma daria!

 

Esquecer

Esquecer e esquecer tudo
duas vezes
o que não interessa
e saber a permanência
credível e segura
de todos os Invernos
a gerar Primaveras.

 

 

publicado por naterradosplatanos às 16:02 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Terça-feira, 13.01.15

Até eles precisam de sorte

Apareceu-lhes à porta de casa, pequenino, magrinho, olhinhos quase fechados, sem forças para um simples miar...

Como resistir a uma coisa tão pequenina e indefesa? Foi pegar nele e tal como aconteceu à Marie (de que aqui já falei) foi levado ao veterinário, lavado, tratado, desparasitado... lentamente e com tantos cuidados tem estado a recuperar.

A C. e o A. depois de um dia de trabalho, têm agora um "brinquedo" lá em casa.

 

Apresento-vos "o menino"...

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 19:37 | link do post | comentar | ver comentários (10)
Sábado, 10.01.15

"santuário"

Para mim um santuário é um lugar de lembranças, um lugar onde a saudade bate forte e por isso um lugar, que embora saiba que está lá, me é difícil, sempre difícil, de lá entrar!

Pudera eu não ter memórias, e como eu as combato! Mas é sempre tão difícil esquecer lugares onde viveu alguém que eu amei e que me amou, que eu mimei e que me mimou...

Mas esses espaços, se não vividos dificilmente se mantêm, o tempo encarrega-se de apagar a magia que neles alguma vez habitou e um dia... um dia temos que aceitar que temos que alienar esse santuário!

 

É isso que dolorosamente me está a acontecer..

publicado por naterradosplatanos às 18:06 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Terça-feira, 06.01.15

Discutindo Facebook no Picadilly...

O "Picadilly"é uma pequena pastelaria em Paço de Arcos no pequeno Jardim do centro antigo.

Muitas vezes os meus filhos brincaram ali sobe o olhar atento da avó. As senhoras que por lá se sentavam iam também à procura de uns maravilhosos bolos de amêndoa, que o dono chamava de "caetanos", de um cafezinho e de dois dedos de conversa. Às vezes os maridos também estavam, mas o "Picadilly " era terreno das suas mulheres.

Esporadicamente tenho lá passado mas hoje fiquei mais um pouco. As senhoras são "as mesmas" na idade e compostura, mas muito muito mais "à la page" pois falavam com entusiasmo das suas aventuras no Facebook!

image.jpg

 

Então uma delas, abre a carteira e tira de lá um "tablet" e vá de, com toda a

destreza do seu dedo, deslizar para cima e para baixo, até encontrar as fotografias da sua neta que não se cansava de elogiar.

As mesmas ocupavam todo ecrã e deu para ver, tal como ela chamava à atenção das as amigas, que era uma adolescente bonita.

 

Apreciando melhor não sei se o orgulho era da neta, se da sua capacidade de usar semelhante "device"!

 

image.jpg

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 19:40 | link do post | comentar | ver comentários (7)
Sexta-feira, 02.01.15

Sem título...

Chegada esta tarde ao Areeiro reparei logo que os amores prefeitos do canteiro da frente precisavam de ser regados e claro que para mim isso se tornou prioritário mesmo antes de subir a mala.Vá de ir encher o regador e ir fazê-lo picando aqui alguma erva que entretanto tinha nascido...

 

Um carro branco passou e alguém acenou, não reconheci quem era mas acenei também,  uns metros á frente o carro parou e recuou até mim...

Abriu-se a janela e reparei então que era um vizinho lá do fundo do bairro... "Sabe a minha mulher morreu há um mês" disse-me de chofre, "imaginei que não sabia" e não sabia mesmo!

Falou-me dos mais de 60 anos juntos, das imensas viagens que fizeram pelo mundo, dos últimos tempos que a demência lha tinha roubado... Por fim pediu-me desculpas por me dar a notícia e em jeito de despedida disse: "tem umas flores muito bonitas!"

Passou o seu primeiro Natal sozinho, mesmo que acompanhado, e uma passagem de Ano sem votos que o pudessem animar...

 

Moravam ao fundo do bairro, não tinham filhos e nunca vi um sem o outro, hoje foi certamente a primeira vez!

 

Estes são os meus amores perfeitos que ele elogiou...

 

image.jpg

 

publicado por naterradosplatanos às 17:30 | link do post | comentar | ver comentários (7)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Janeiro 2015

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
17
18
19
21
22
24
25
28
30
31

posts recentes

últ. comentários

  • Uma ideia óptima, de facto. Já perdi a conta às ve...
  • Eu gosto imenso dessas esplanadas. Trazem-me, semp...
  • Mundo estranho, o nosso
  • Com as teorias que andam por aí sobre o género, um...
  • No passado, estas esplanadas parisienses, algumas ...
  • gostei e ainda mais que também apreciasbjs continu...
  • My pleasure!! E que fotos bonitas de Estrasburgo.....
  • Fez anos? Parabéns atrasados...Mas verdadeiros!
  • É mesmo abençoada Dalma! Porque o melhor que a vid...
  • Relembrar com a mesma pessoa ao fim de tantos anos...

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO