E por ai… St. Augustine uma cidade espanhola na América!

 

    

 

 

 

 

 

 

 

 

Se por passe de mágica fossemos teletransportados para St. Augustine, diríamos que estávamos num qualquer bairro de Sevilha ou numa qualquer cidade do sul de Espanha!

 

Lendo um pouco da sua história ficamos a compreender que toda a arquitectura é consequência desta área ter sido ocupada durante 265 anos por espanhóis, ocupada efectivamente por tropas aguerridas e não por simples colonos desejosos de melhorar as suas vida ou então por hispânicos vindos das Caraíbas. Na realidade não ouvi uma única palavra de espanhol, no entanto as ruas ainda mantêm os nomes, tendo sido apenas a “calle” substituída por “street”: Cadiz St, Cordova St, Sevilla St… e nem sequer falta um forte exactamente com a traça dos nossos e dos espanhóis. Aliás, o nome St Augustine foi-lhe dado por Menendez de Avilez quando aqui aportou em honra do padroeiro de sua longínqua terra em Espanha. St. Augustine será mesmo a cidade mais antiga dos Estados Unidos.

  Segundo o que li, depois desses 265 anos o rei de Espanha e depois de muitos ataques de piratas, entre eles o Francis Drake (que nós aprendemos ser protegido e incentivado pela rainha de Inglaterra), trocou-a com os ingleses por Cuba. Daí para a frente a história da cidade passa pelo domínio dos ingleses, da Confederação e depois da       guerra civil pelos EUA.

 

    Mas, honra seja feita aos ingleses que a dominaram  e que em vez de lhe modificarem a traça a mantiveram e melhoraram tornando-se St Augustine uma estância turística muito importante no séc. XIX!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como viram esta cidade não tem nada de americano!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 00:11 | link do post | comentar