E por aí… amanhã é o último dia por aqui!

 

Ao contrário de que costumo fazer hoje vou falar do sítio: Miami.

 

      

Bem diferente de outras  grandes cidades, aqui os arranha-céus não fazem sombra uns aos outros e muito menos tornam as ruas sombrias, porque são  espaçados e as ruas e avenidas muito largas. Depois há o mar, melhor o Atlântico que aqui é azulado, ao longo do qual podemos passear num passeio ladeado de palmeiras extremamente bem tratadas. A cidade é ampla, os edifícios claros, o trânsito ordenado e a cidade escrupulosamente limpa, mesmo nos sítios mais afastados do centro.

Na rua circulam gentes com vários tons de pele, o inglês mistura-se com o espanhol a todo o momento e o ambiente é calmo e relaxado, easy going,  calmado y relajado,  conforme a língua!

As pessoas são simpáticas e cumprimentam a todo o momento e muitas vezes perguntam de onde somos.

Ontem enquanto esperávamos que uma ponte levadiça, sobre um braço de mar, baixasse um ciclista pergunta-nos: where are you from? Quando respondemos Portugal disse-nos: nunca lá estive mas sei que é bonito e tem boa comida e que agora o governo anda com problemas de e fez aquele gesto que é capaz de ser universal para exemplificar o dinheiro! Acrescentou que é suíço mas que vivia há 22 anos em Miami… entre tanto a ponte desce, o transitorestabelece-se, um aceno de mãos e o bye de sempre entre uma troca de sorrisos mútuos. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tags:
publicado por naterradosplatanos às 03:27 | link do post | comentar