E por aí... Floriade, uma desilusão!

 

 

    

 

 

 

O que levou a decidir-nos por esta viagem foi um artigo que li na Newsweek sobre a Floriade, designada como World Horticultural Expo (Exposição Mundial de Hortofloricultura) pois como todas/os sabem sou apaixonada por tudo o que se liga à produção de frutos e vegetais, de preferência exóticos… e era isso que eu supunha ir lá encontrar, mas pura ilusão!

 

Esta Exposição acontece só de 10 em 10 anos e já tínhamos estado numa com os nossos três filhos precisamente em 1992, já lá vão 20 anos. Nessa altura para mim, foi um deslumbramento… vi pela primeir a vez fazer “agricultura sem solo” (agricultura hidropónica), crescer tomateiros, beringelas e pepinos em pequenos cubos de material sintético e ainda tomates a dar para o quadrado (como hoje algumas espécies de dióspiros) para facilitar a sua acomodação em caixas… e ainda flores de cores queaté aí não era suposto existirem em determinadas espécies.

 

Desta vez a Exposição foi um bluf , o espaço era bonito, amplo, de relvados bem tratados mas chamarem-lhe Horticultural Expo é que não me parece exato, pois  de horticultura posso dizer que não havia praticamente nada. Apenas uns canteiros com várias espécies de alfaces, variedades que eu já conhecia, mais um de couves, e uma espécie de beterraba branca. Além disso havia alguém a explicar como produzir espargos…

 

A única coisa que me chamou à atenção e me vai dar algum jeito é como produzir morangos bem levantados do chão. Vou por em prática esses conhecimentos logo que chegue ao Areeiro e depois darei notícias.

Pelo recinto havia canteiros de flores que admitiam estar cá fora, pavilhões alguns países (Somália, Iémen, Tailândia… da Europa só Itália e Espanha) as árvores do recinto estavam muito  bem tratadas, mas tudo isto é banal e não justifica tanta publicidade!

 

Então não houve nada que me encantasse? Não, que me encantasse não, apenas que admirei pela qualidade do trabalho nos arranjos de flores no pavilhão Villa Flora.

 

Aqui vão algumas dessas fotografias.

 

p.s. a fotografia que abre o post é de um vaso com três pés de morangueiros que lá comprei e que eu espero conseguir levar comigo.

 

 

 

O recinto visto do teleférico

 

 

 

Alfazema e papoilas nos canteiros do recinto

 

 

 

Única mostra de horticultura!

 

 

Antúrios modificados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desculpem, hoje alonguei-me demais no texto e nas fotografias!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 18:58 | link do post | comentar