E por aí… ao longo do Reno entre Koblenz e Bingen

 

 

 

Hoje decidi escrever qualquer coisa sobre este vale que certamente todos conhecem de nome e outros por lá terem estado. O Reno nasce nos Alpes suíços, entra no lago Constança e volta a sair dirigindo-se para Norte para ir desaguar no Mar do Norte em Roterdão.

 

Ao longo da História da Europa teve um papel muito importante, ora dividindo nações ora, como hoje, unindo as suas economias. O Reno também tem um caris romântico e lendas a ele associadas…

 

A parte do vale que percorri é linda, é a parte dos castelos, uns com ar de palácios, outros com ar de fortificações e das encostas cultivadas de vinha.

 

Pequenas cidades ao longo das margens absolutamente devotadas ao turismo, na altura da guerra eram tão pequenas que passaram despercebidas aos bombardeiros e daí conservarem as suas casas tão típicas e que hoje fazem o nosso encanto, algumas parecem mesmo saídas dos  livros de certos contos infantis. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 18:46 | link do post | comentar