Conheci- a com 15 anos...Hoje assisti ao seu Doutoramento

Num dia do final de Setembro de 1995 , já lá vão mais de 15 anos, tenho à minha frente uma nova turma, uma turma de meninas, sim porque apenas havia dois rapazes, o Carlos e o Ricardo. Achei as meninas todas bonitas, bonitas como são quase sempre as meninas de 15 anos! Lembro-me bem, havia três Anabelas, duas Marisas, a Sandra, a Susana,a Paula,a Vilma e a Fátima.

Logo nos primeiros dias me apercebi que ia ser uma turma especial, e uma turma especial pede muito a uma professora! Mas qual o professor não deseja uma turma destas?

Durante dois anos trabalhamos em conjunto e nem sei como hei-de descrever todo aquele empenhamento. Talvez dizendo que, acabado um trabalho, um projecto, a pergunta era quase invariavelmente: "o que fazemos agora, professora?"

Nesta turma estava a Fátima. A Fatima vinha de Arronches onde tinha feito o 9 ano.Inscreveu-se em Humanidades, Geografia era a disciplina de opção e como se veio a provar foi a disciplina da sua eleição! Aluna exemplar, atenta,discreta,impecável em todos os seus trabalhos.

Ao longo do ano cimentaram-se as minhas relações com o " meu" 10 ano e entretanto o ano acabou...

Novo Setembro, agora foi um encontro, já sem incógnitas, como provavelmente teria havido da primeira vez que nos encontramos... Delineamos planos de trabalho e tomamos decisoes...entre esses planos estava a apresentação oral de pelo menos um trabalho. O assunto básico era Agricultura, posteriormente escolheram- se os temas específicos e algum tempo depois estipularam- se as datas...

Lembro-me bem do entusiasmo e simultaneamente do nervosismo que estes alunos, (repito, estes alunos) sentiam quando o momento da apresentação chegava! Entusiasmo dos que iam depois questionar e dar a opinião sobre o trabalho do colega, nervosismo do que subia no estrado e apenas com a ajuda de alguns tópicos apresentava o tema combinado!

E a vez da Fatima chegou...lembro- me bem da serenidade com que apresentou o seu trabalho e respondeu às questões que os colegas lhe puseram e nessa altura pensei que sem duvida um dia ela viria a ser uma excelente professora...

Hoje, mais de 15 anos depois tive a honra de poder assistir às suas provas de Doutoramento na nobre Sala do Capelo da Universidade de Coimbra!
Hoje a Fatima não é uma simples professora como eu fui dela, é já sim uma professora universitária!

Do coração lhe desejo os êxitos que ela realmente merece.


p.s. Hoje a Fátima, ofereceu-me um presente, mas vou que ter tempo para o (des)escrever, mas prometo que o farei!
publicado por naterradosplatanos às 22:14 | link do post | comentar