E por aqui(Lx) ... que melhor utilização para uma escultura moderna?

 

 

Ontem foi a vez dos meus netos pequenos levarem a avó, não a
nenhum filme 3D mas a correr atrás dos patos e das pombas do Jardim da
Gulbenkian!

 

É sempre muito divertido, sobre tudo quando se trata de dar
de comer aos patos e patinhos, aos cágados e aos “peixões” como o Hq lhes
chama! A sacada de pão seco e cortado aos bocadinhos nunca é suficiente para os
satisfazer, e este “os” refere-se aos meus netos pois, a pesar da quantidade que
a avó leva, é sempre uma desilusão quando se acaba. O meu argumento é sempre o
mesmo, acabou-se, paciência, para a próxima vez temos que trazer todo o pão que há na padaria ao lado da vossa casa! Eles acenam com a cabeça e na sua ingenuidade, dizem que sim!!

 

Depois deste ritual há as corridas nos relvados e o esconde,
esconde nos recantos e eu sempre com medo de os perder de vista! Ora
precisamente num desses recantos havia (há) uma escultura e como por enquanto
os meus netos são como a avó, que não percebe nada de arte moderna, acharam que
o melhor que podiam fazer dela era dar-lhe um uso prático! E que uso foi esse?

 

Fazer dela um excelente escorrega!!

 

 Ora vejam…

 

 

 

Perguntando ao Hq o que achava que era "aquilo" sem exitar disse-me que era um dente de elefante!

publicado por naterradosplatanos às 18:40 | link do post