Este post está prometido à M.A.A!

 

 

Quando da entrevista o Lino ( o melhor funcionário da Bayer)  à sacramental pergunta “ do que tem mais saudades de Portugal” ele respondeu sem hesitar : das Boleimas de Portalegre!  A MAA pediu-me para lhe reavivar a memória acerca das mesmas e assim sendo,  aqui vai o link para o post que anteriormente  fiz.

http://noareeiroeporai.blogs.sapo.pt/45100.html

 

e também duas receitas para quem quiser experimentar.

 

Boleimas de Portalegre

 

1º Receita caseira

 

200 g leite
160 g óleo
100 g açúcar
500 g farinha sem fermento
3/4 maçãs (facultativo)
Q.b. de canela e açúcar para polvilhar

Mexer muito bem com as mãos todos os ingredientes e vai-se acrescentando mais farinha (se necessário), até tender.


Dividir a massa em duas partes e estender uma delas numa superfície enfarinhada, com a ajuda de um rolo. 
Colocar a massa estendida no tabuleiro untado e calcar com a ponta dos dedos de forma a ficar bem estendida no fundo do tabuleiro. Polvilhar, generosamente, com açúcar e canela. Cortar as maçãs em fatias finas e colocá-las sobre a massa(facultativo). Polvilhar generosamente com açúcar e canela. Estender a restante massa e colocá-la por cima das maçãs. Calcar ligeiramente com a ponta dos dedos, polvilhar de novo com açúcar e canela e, ainda crú, cortar a massa aos quadrados (tipo doses individuais) e levar ao forno por cerca de 25/30 minutos, ou até ficar douradinha.

 

 

É uma receita facilmente exequível, experimentem, são deliciosas quando acabadas de fazer ou mesmo posteriormente levemente aquecidas no micro-ondas.

 

 

2ª Receita de Padaria

 

250 ml de azeite

3 a 4 maçãs (facultativo)

350 gr farinha p/ polvilhar

400 gr de açúcar amarelo

canela q.b.

Para a massa de pão:

 

750 gr de farinha de trigo

1 colher (café) de sal

25 gr de fermento de padeiro

3 dl de água tépida

 

Confecção:

 

Massa de pão: Dissolva o sal e o fermento de padeiro na água. Junte a farinha de trigo, amasse e bata bem a massa. Faça uma bola, polvilhe-a com farinha e cubra-a com um pano. Deixe levedar em local aquecido, durante cerca de 1 hora.

 

Boleima:

Amasse muito bem a massa de pão com o azeite e com metade do açúcar, polvilhando com farinha para não pegar. Estenda metade da massa (espessura de 2 cm) e polvilhe com farinha. Coloque-a no fundo dum tabuleiro previamente untado com azeite, de forma a ficar todo o fundo coberto e apenas um pouco de massa levantada nas bordas.

 

Sobre a camada de massa, espalhe 80 gr de açúcar e  canela em pó. De seguida, disponha uniformemente as maçãs, descascadas e descaroçadas, cortadas em fatias finas(facultativo) . Acrescente outra camada com as mesmas quantidades de açúcar, canela. Cubra com outra camada de massa igual, unindo-as bem em volta. Polvilhe com o restante açúcar e canela.

 

Com a ponta da faca, divida apenas a camada superior da massa (sem atingir o recheio) em cerca de 30 quadrados/retângulos (aproximadamente de 6 cm x 5 cm). Deixe levedar durante cerca de 1 hora. Leve a cozer em forno quente, durante cerca de 40 a 50 minutos. Verifique a cozedura com um palito: a massa deve ficar corada mas sem queimar. Retire a boleima do forno, deixe arrefecer e acabe de cortar os quadrados pelos golpes que marcou.

 

Espero que pelo menos a MAA experimente uma destas receitas!

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 19:03 | link do post | comentar