Insólito à primeira vista

Uma coisa que nunca nos pode faltar é o jornal, a não ser que estejamos num sítio onde não exista um jornal em língua entendida por nós, espanhol, francês ou inglês. Se possível um próprio da cidade em que estamos para saber o que por lá se passa... Assim sendo em SF compramos o "San Francisco Cronicle" e nele li uma notícia que me deixou pelo menos intrigada. Resumindo: um grupo de pessoas resolveu associar-se para por em marcha um programa de rentabilização do seu automóvel e de proteção ao ambiente da cidade. A coisa funciona assim: esse grupo de associados que todos os dias usam o automóvel estão, graças às novas tecnologias, sempre contactáveis numa central virtual que os localiza (GPS) e que a qualquer momento lhes pode dizer: "em tal sítio há alguém que quer ir para as bandas para onde V. vai, está disponível? "
E como vai o "freguês" saber qual o carro que o levará ao destino já que a marca e a cor pode ser qualquer uma?
Simplesmente adornando o carro com um enorme bigode, sim enorme bigode cor de rosa!
Quando li a notícia duvidei do meu inglês e mesmo à segunda ainda fiquei na dúvida... mas logo no dia seguinte tirei está fotografia



E no outro está



Não explicava como se fazia o pagamento, talvez por ajuste direto, só dizia que os taxistas estavam em polvorosa já que viam esses cidadãos bem intencionados serem uma ameaça para negócio...
publicado por naterradosplatanos às 14:37 | link do post | comentar