Vier as vidas alheias ... e viver delas

Em Hollywood tal como em Las Vegas o ambiente é um ambiente de faz de conta, uma espécie de Disneylandia para adultos. Porém o facto é que este faz de conta dá trabalho a milhões de pessoas, pessoas que vivem, dos que vivem e também dos que há muito partiram... Nos autocarros Hop-on, Hop-off entram todos os dias milhares de pessoas que percorrem os lugares míticos, onde atores, cantores e gente das artes vive ou viveu, já que muitos repousam no "Jardim da Memória"!

Alguém que chegue a Hollywood logo pela manhãzinha julgará que se terá enganado pois só lá para o meio dia, e, como por magia, a cidade se revela. Então as ruas enchem-se de multidões que ali não pertencem mas que vêm para ver onde vive estas ou aquelas celebridades, o restaurante ou o hotel onde este ou aquela alguma vez frequentaram...

Como sou pouco entendida nesta matéria não liguei muito a estes aspetos, de qualquer forma retive a imagem do estúdio onde foi realizado o filme "Cleóptra" ou ainda imaginei a Shirley Temple, protagonista do Feiticeiro de Ox, no bairro onde passamos. Na realidade preferi apreciar as ruas e ver quão precárias, vistas do alto do autocarro, as lojas super chiques de Rodeo Drive ou as mais populares da extensa Melrose Avenue, ou Sunset Boulevard são tal como muitas outras que vemos em cenas de filmes aqui rodados.
Mais uma vez se confirma pois, que não nos devemos deixar-nos enganar pela lente do fotógrafo, neste caso pelas lentes dos operadores de câmara, pois aqui a realidade tem pouco a ver com o "glamour" de muitas das cenas que vemos.

Pela tarde a Hollywood Boulevard torna-se intransitável, e aí outro mundo do faz de conta toma conta dela, " Homens Aranha", "Mimies e Ratos Mikey" "Transformers" e nem lá faltava uma mimando Mariline Monroe na famosa cena do vestido branco! Crianças e adultos fazem bicha para terem direito a uma fotografia na pose desejada junto dos seus "heróis".

Gostei sim de visitar a parte antiga de LA onde as ruas têm um certo ar parisiense e onde logo ao lado irrompem reluzentes arranha-céus que mais parecem cristais saídos abruptamente do chão.
Mas o que aqui para mim é mais esmagador não é a altura e o brilho dos edifícios mas sim aquela sensação de lonjura que as avenidas nos dão!

Fiz poucas fotografias, as duas que se seguem são para a minha tia que, apesar dos seus 90 anos, é uma das minhas fiéis leitoras. As estrelas que envio eternizam, no Passeio da Fama, artistas do seu tempo...









O exotismo de alguns que por lá se passeiam...




Outras ao acaso..

Hollywood Blvd ( o edifício amarelo é onde se procede à distribuição dos Óscars )




Sunset Blvd




Rodeo Drive



Avenidas sem fim...



As palmeiras de Santa Mónica...

publicado por naterradosplatanos às 22:53 | link do post | comentar