E o GPS não deixava de insistir!

Nunca como hoje nos tinha acontecido, isto é, chegar ao aeroporto mesmo à "rasquinha" desculpem o termo mas não encontro outro que extresse tão bem a situação, nós que por hábito chegamos sempre com muita antecedência!
O vôo para NY era ás 10 horas, por isso programamos sair do hotel ás 7.00 e assim foi. Ligado o GPS verificada a distância, 18 milhas o que correspondia a menos de meia hora. Tudo normal até que nos demos com uma rua fechada, novos cálculos, de novo barreiras, mais barreiras...
E o GPS a aumentar as milhas que nos faltavam e o tempo a escacear. Perder o vôo seria péssimo pois estes estão sempre cheios e provavelmente não teríamos lugar noutro... Nova barreira, insisto para esquecer o aparelhómetro e perguntar ao polícia numa nova barreira qual a solução para chegarmos ao aeroporto, coisa que logo devíamos ter feito...
A solução era procurar a autoestrada 101, e rumar a Sul... Mais umas milhas à frente aparecem os sinais do aeroporto! Entregue o carro, apanhado o "shutle" para o terminal, passar na revista...correr para a Gate 77 e sentarmo-nos no avião que realmente não tinha um único lugar disponível!
Apertar o cinto, desligar os telemóveis e eis-nos no ar!
publicado por naterradosplatanos às 13:55 | link do post | comentar