Eram 6 da manhã...

Eram 6 da manhã quando saímos de casa em direção ao aeroporto. Já havia gente na rua, eram sobretudo mulheres, negras, novas de passo apressado, rumo aos escritórios que haviam de ter impecáveis ás 9 da manhã. Os filhos, esses ficaram ainda certamente na cama e serão eles sozinhos a gerir o levantar, o pequeno almoço, a ida para e escola...

Nós cruzamo-nos com elas e eu, pelo menos eu, pensei de como fomos abençoados e como a vida nos tem tantas permitido rumar ao aeroporto e ir por aí!

Estou a escrever the Heathrow e dentro de uma hora estaremos a voar para o outro lado do Atlântico. Como poderei eu queixar-me da vida?!

Tudo foi fruto do nosso trabalho sim, mas talvez também um pouco de sorte ao longo das nossas vida!

publicado por naterradosplatanos às 12:36 | link do post | comentar