Não há arranha-céus em Paris...

Se excluirmos o Montparnasse podemos dizer que dentro do perímetro da cidade eles não existem. Dirão, então La Defense? Bom, essa onde eles são muitos e lindos ficam para lá da circular e das Portas de Paris.

Dentro de portas, o casario é homogéneo e monumental, porém também aqui temos que falar de algo que, para mim, é uma espécie de excrescência no tecido urbano de Paris!

Não discuto o que o interior oferece aos visitantes mas o seu aspeto exterior torna-se anacrónico no meio dos vestutos  edifícios que o rodeiam.

Há muitos, muitos anos o vê-lo fez exclamar o meu filho: "mas parece uma fábrica!" Tive que concordar com a sua visão!

Se George Pompidou quiz mesmo deixar algo associado à sua presença no Eliseu, não há dúvida que o deve ter conseguido pois ninguém consegue ficar indiferente à sua arquitetura!

 

Eu, continuo a comungar da opinião, do então garoto de 8 anos, e continuo a achar que o Centro George Pompidou, é a isso mesmo que se parece, uma fábrica!

 

image.jpg

image.jpg

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 18:33 | link do post | comentar