Segunda-feira, 22.04.19

Diários do nada (38): modificações genéticas

 

 

No meu tempo (já falo assim...) as papoilas eram vermelhas e só vermelhas! Quando o papá nos levava ao campo e com elas já floridas eram o nosso deleite... fazíamos bonecas com elas virando-lhe as pétalas, prendendo-as com uma erva mais resistente, a fazer-lhes cintura, deixando os estames parecerem uma cabeleira negra! O vestido era então sempre vermelho!

Certamente que hoje poucas serão as crianças que vão ao campo colher papoilas...

 

Ontem fui a Arronches e alguém me levou para um passeio ao longo do rio cujas margens foram muito bem arranjadas para deixarem usufruir uma paisagem tranquila vendo correr a água...

 

Foi então que me  lembrei das papoilas vermelhas, quando vi estas:

 

DEF15AD9-D7E2-4AD8-A263-D445157E5933.jpeg

642581BF-8BAE-400A-A948-8192ED3B95ED.jpeg

 

661E1443-B52F-4D91-BCC1-C60B00872DF7.jpeg

383E0BDC-740E-4B5E-AA4B-F290BDAB664A.jpeg

0908418E-0B75-4E7C-8456-30CFCF2EEE42.jpeg

As papoilas da minha infância eram assim, só vermelhas e de “cabelos” negros!

12E84DCC-53AD-4BC6-82B4-6F819A752C8A.jpeg

 

E foi ao longo deste percurso em Arronches que encontrei as “papoilas de hoje”!

C266FA9E-A6F0-4160-8AFB-A8695881DD40.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 19:47 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Quinta-feira, 18.04.19

Diários do nada (37)...

 

 

Eram nove e meia da manhã, na estação de Metro da Alameda o acostumado para cá e para lá... eu, sem pressas, caminhava para a saída, quando um homem alto e forte, de mapa na mão, se me dirigiu a pedir-me a seguinte informação:

Please, what line do I have to catch to go to take the 28 tram?

Acho que toda a gente já ouviu falar do 28 para os Prazeres mais que não seja quando ouvem notícias sobre os pic-pockets e  das bichas sempre quilométricas!

Lá lhe expliquei que teria que apanhar a linha verde, sair no Martin Moniz e que uma vez  aí, não havia nada que enganar.

Curiosa perguntei-lhe na língua que vai sendo de todos nós: were are you from? I’m from Twain (só então reparei que realmente tinha olhos oblíquos) So far! Exclamei eu. Mas logo veio a amabilidade oriental, but worth it because Portugueses are very nice!  

 

Eu sorri em agradecimento, ele despediu-se com um efusivo thank you e lá  foi em demanda do 28...

 

...onde provavelmente encontrou uma bicha como esta

 

5BCE4563-3F05-4149-B279-D5EA5C3BDF36.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 19:27 | link do post | comentar | ver comentários (6)
Terça-feira, 16.04.19

Há uns anos para cá...

 

... todas as Páscoas recebo um pacote de “Hussell’s!

São de alguém que NÃO pensa na  minha linha mas que SABE  bem como eu sou gulosa!

 

Recebi-as pelo correio, com carimbo de Coimbra, num envelope almofadado... a acompanhar as Hussel’s vinha um cartão que me aconselhava, e cito: “Querida Professora, aqui vão as amêndoas para provar e partilhar com quem mais gosta”!

São muitas, são, mas não sei se chegarão à partilha!

 

Obrigada, querida!

 

47103F75-AB61-47DB-80B0-0C82433DF1D3.jpeg

ACDAE2F4-112A-438E-A2DE-9FC1AA4C08BD.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 20:21 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Segunda-feira, 15.04.19

(Re)encontros

 

Não gosto de reencontros, passados que foram muitos anos de amizades à distância!

Prefiro o telefone ou e-mail para ter notícias (não uso Fb), meios suficientes para manter o contacto e saber que de um lado e do outro estamos vivas...

Há umas semanas a M. H. telefonou-me, depois de há muito tempo não dar notícias... reclamei por não responder aos meus e-mails, recebi como resposta que já não tinha computador! Achei estranho pois ela foi autora de inúmeros manuais de Geografia que publicou já na era digital!  Acho que quem alguma vez teve, usou, computador fica a ele preso para todo o sempre...

 

Combinámos um almoço logo que eu viesse a Lisboa... esse almoço foi hoje!

Vim de lá triste! A M.H não é a mesma, de muito magra passou para muitos números a cima... ficou viúva, os filhos muito ocupados, netos adolescentes... uma vida confinada á casa e à “bica” na pastelaria logo ao lado...

 

E notícias das amigas comuns também não foram boas, a Odete deixou-nos, a Lídia em coma há três anos, a Vitória com os seus graves problemas de saúde!

 

No meio disto tudo pouco falei de mim e dos meus... das minhas viagens não falei e do meu jardim apenas o nomei como “hobby”.

Não seria elegante da minha parte falar da nossa vida tão diferente da dela!

 

Não, não gosto de reencontros porque tenho sempre medo do que vou encontrar ou saber!

publicado por naterradosplatanos às 20:27 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 13.04.19

Diários do nada(36):olhar e ver

 

 

Quantas vezes já ali terei passado... talvez tivesse olhado mas não visto este lindo portão de uma casa antiga agora recuperada. Olhar é realmente diferente de VER!

Fica na Rua 1.º de Maio, 69, no caso de alguém que por aqui more queira constatar como é bonita!

 

8867F07C-2E18-42A0-BC1F-1A587D61AF64.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 20:51 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Quarta-feira, 10.04.19

Quando quem nos multa também prevarica!

 

Estacionar perto de Serralves, como imaginam é muito, muito difícil e para quem não conhece os meandros das ruas do Porto então a situação complica-se.

Depois de muitas voltas, metemos por uma ruela estreita, paredes meias com o jardim do qual tomou o nome... Rua de Serralves.

Depois das muitas voltas que referi lá encontrámos um “buraco” e estacionamos. Como somos cumpridores e partíamos do princípio que o estacionamento seria pago e como não  encontrássemos onde o fazer e passando por nós, nessa altura, um polícia vestindo o seu colete amarelo resolvemos interpelelá-lo nesse sentido...

 

Eis o esclarecimento que por ele nos foi dado:

 

- Sabem nesta rua o é proibido estacionar... eu não lhe posso dizer que estacionem mas a verdade é que... eu próprio também estacionei. Sabem é que são horas de eu entrar ao serviço (no museu) e não encontrei outro lugar!

 

- Obrigado...

 

Realmente, depois verificamos que o sinal estava lá embora não tivéssemos dado por ele!

Mas, se o polícia podia estacionar o seu carro particular... nós sem preocupação e quase com a certeza de não sermos  multados, rumamos também nós ao Museu!

Realmente não o fomos!

 

06FB46C9-2AE3-4942-99DF-CE5406995938.jpeg

A6B580BB-51EF-42CE-8AB2-CBC803000A88.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 15:43 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Segunda-feira, 08.04.19

Criatividade que eu compreendo!

 

Os guias nos museus de arte contemporânea bem se esforçam por nos mostrar o que ía dentro da cabeça do artista, quando fez a garatuja que explicam... as pessoas complacentes na sua maioria, lá vão acenando com a cabeça! A ladainha continua com a obra seguinte.

 

Eu já não me sujeito a isso e muitas vezes passo por certas obras já sem me deter... para que fingir se não percebo?

M

Por isso neste blog, só entram as que percebo, as que me fizeram parar, pensar, ou as que achei simplesmente bonitas...

 

 

Aqui está uma obra de Bordalo II, belíssima pela imagem em si e porque vale a pena aproximar-mo-nos e ver, em pormenor, como o lixo se fez Obra de Arte!

 

 

DE5150A9-56FA-4BDA-A573-29EC9AB1E2D8.jpeg

Agora o pormenor :

 

0887801F-833F-485E-B284-A461C181B2CD.jpeg

7530BA04-F618-49A3-B9D9-DB9C86A0BADF.jpeg

042613C1-E24E-4B29-BA7E-712F738ED548.jpeg

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 08:47 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Sábado, 06.04.19

Jardins de Serralves

 

 

Poucos jardins em Portugal (e não só!) têm a frescura que devem ter. Sim, eu sei que por cá temos um  Clima  Mediterrâneo que é tudo, menos húmido! Porém, muitas vez o problema é a falta de manutenção... folhas secas no chão ou nas plantas, a relva que não está confinada  aos lugares certos, as árvores por podar...

 

Mas os Jardins de Serralves são  a antítese do que anteriormente disse, e como eles só conheço na mesma frescura a Estufa Fria!

 

Os jardins de Serralves têm uma longa história e o relevo em que acentam ajudam à sua beleza. A história dá-lhe árvores majestosas e o relevo a possibilidades de recantos de intimidade...

 

Nesta altura o tempo é de azáleas!

 

B10B390C-F886-435E-A242-7112CF639E38.jpeg

B9095383-6EA3-498A-8143-60C15CEB9F3B.jpeg

EDF59EFA-4641-4F22-952F-1B20494281C0.jpeg

EDD7F2EE-8BB0-405B-B92F-946FD40EB75B.jpeg

3DC73C0E-D156-4E5C-9BA0-457B96501DD9.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 15:09 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Sexta-feira, 05.04.19

Quando...

Quando as rendas de enorme perfeição... que só as mãos experientes de açoreanas conseguem, cobrem porcelanas de Bordalo Pinheiro o resultado é este:

 

AE4A0648-313D-4522-804D-C2A92B10F85D.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 13:23 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Quinta-feira, 04.04.19

O motivo foi a exposição!

 

Ela é uma verdadeira criadora de arte... é uma artista que imagina, que não executa,  mas que transmite a sua criação a mãos alheias.

Não quer dizer que goste de todas as obras de Joana de Vasconcelos, das primeiras acho mesmo que não gostava, embora reconheça que nem todas foram feitas com a intenção de serem belas, mas algumas como obras de intervenção... de chamadas de atenção à sociedade.

Confesso que não gosto muito daquela construção da “burka” porque me sugere suicídio!

Outras são obras surpreendentes, onde as rendas se colam à porcelana, ou objetos do dia a dia se transformam em peças enormes e cheias de requinte...

 

Foi assim que a exposição de JV me trouxe propositadamente ao Porto mas onde a chuva não me deixou passear, tanto tempo quanto eu queria, por entre as azáleas floridas do Jardim de Serralves...

 

 

CE0C4A4F-C329-4F18-83BF-EF79605E1A1A.jpeg

A3009810-0919-497C-9E72-24BB6FED1EDE.jpeg

A5AF3F09-1727-44CA-9C4A-A030561E7BB9.jpeg

B92694F0-2C8B-4C0C-ADDC-A19BE42086CE.jpeg

17FEAB25-C82C-47E6-9C2C-287704451EA5.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 19:48 | link do post | comentar | ver comentários (3)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Abril 2019

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
17
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

  • Dalma, aqui em Portalegre, na Serra, sempre houve ...
  • Belo percurso!Também fiz bonecas de papoilas mas a...
  • óooh!, com o AO não é bichas que se diz ?
  • RV, é uma amabilidade nossa esclarecermos os que n...
  • Eu ficaria bem atrapalhada para lhe responder em i...
  • Lena, não me lembrei da Ilha Formosa senão teria t...
  • Hoje não há distâncias. Meio mundo anda em movimen...
  • Sabe bem encontrar gente simpática. E, de facto, p...
  • As "amêndoas-pedrinhas" são o máximo!
  • É uma porta muito original e arquitectonicamente i...

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO