Nunca falei dela...

 

 

 

Tem-me acompanhado desde que a minha filha tinha meses…

 

Não imaginam a felicidade que senti quando a comprei! Nessa altura custou-me 4 contos (dito assim tem mais peso do que falar em 4000 escudos ou hoje em 20€) nessa altura era muito dinheiro, era quase o meu ordenado… mas quantas alegrias me trouxe e durante pelo menos 15 anos  foi a minha “paixão”!

 

Ela fez todos os vestidos que a Pepi vestiu até aos 14 anos, todos os calções que os meus dois rapazes usaram (enquanto usaram calções e foi até tarde). Também os fez para os filhos de amigas que adoravam os dos meus!

 

Eram noites até às tantas, fins-de-semana completos entre o tirar os moldes da BURDA, de tesoura na mão cortando os tecidos e alinhavando-os até a relíquia que vos mostro (com mais de 40 anos é já uma relíquia) fazer a sua parte.

 

Entre ponto corrido e zig-zags, aplicando rendas ou galões, cosendo golinhas redondas ou simples laços, acabava por me presentear com obras que me enchiam de vaidade, quando a minha filha as vestia (já que calções não tinham graça nenhuma)!

 

Também fez fatos de Carnaval, fatos para teatros da escola, vestidos para bonecas, sem esquecer o vestido e calções de Comunhão dos meus queridos, cortinados, colchas e coberturas para camilha de tudo um pouco passou por ela! Anos depois fez lençóis para a cama da minha neta tal como muitas saias e vestididinhos e ainda alguns fatos de Carnaval, pelo menos até os dos “chineses” ficarem a metade do preço!

 

Hoje tem menos trabalho e evidentemente também já dá pela idade pois, quando cose mais parece uma locomotiva em carris enferrujados, ela própria exteriormente já muito gasta…mas ainda faz o seu papel pois ainda há poucos dias recebi um saco com vestidos da Dianinha para lhes dar um jeito.

 

 

 

Esquecia-me de dizer que ela é de seu nome ELNABaby, made in Switzerland.

 

 

publicado por naterradosplatanos às 18:26 | link do post | comentar | ver comentários (23)