Sexta-feira, 17.07.15

E por aí... Le Mont de Saint Michel

É nossa característica chegar cedo a tudo e se temos que esperar que as portas abram somos por isso compensados pela pouca gente que nos acompanha.

Chegamos cedo a St Michel, passados 34 anos desde a primeira vez! É claro que a abadia, saída do meio das águas, estava lá na mesma, presenteando os madrugadores que a podiam admirar sem as multidões!

Com o decorrer do dia estas multidões haveriam de comportar-se como as marés subindo e descendo as ruas estreitas que se alimentam dos turistas que franqueiam a porta estreita que dá acesso ao interior.

 

34 anos passados, claro que algo se modificou, os acessos são agora disciplinados e certamente há muito que não se assiste a carros boiando nos parques que então existiam e que a maré alta "engolia", pesassem os avisos que por todo o lado existiam e mesmo o altifalante que avisava os mais atrevidos, do galopar da maré!

Os meus filhos hão-de lembrar-se...

image.jpg

image.jpg

A estrada ao longo da costa entre Saint Malo,onde estamos, e Saint Michel personifica a Bretanha rural e permite-nos fotografias como esta:

image.jpg

image.jpg

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 21:41 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Quinta-feira, 16.07.15

E por aí... Saint Malo

Saint Malo é uma cidade "nova" nova de 70 anos, já que foi completamente destruída na 2ª Guerra Mundial e reconstruída, dentro de muralhas, exatamente como a que foi arruinada pelos bombardeamentos. Porém não é só a cidade entre muros nos deixa impressionados mas também todo o mar envolvente, a sua relação rochosa com a cidade e as suas espetaculares marés que tem amplitudes fantásticas ora chegando ás muralhas ora afastando-se tão para longe permitindo-nos ir a vau para as ilhas em frente! Numa delas repousa solitário Chateaubrian... Quando estivemos aqui pela primeira vez (1981) apenas com a P. e o H o impacto que senti foi grande, hoje foi diferente, mas também as ruas não estavam apinhadas de turistas como estavam hoje!<

image.jpg

image.jpg

image.jpg

image.jpg

image.jpg

/p>

image.jpg

image.jpg

tags:
publicado por naterradosplatanos às 19:03 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 14.07.15

E por aí... em Vannes

 Vannes, no Golfo do Morbian é uma cidade mesmo muito interessante. Claro está que me refiro á sua parte antiga, de ruas estreitas ladeada de casas secXVII, XVIII, de travejamentos coloridos, não me parece que assim fossem quando construídas.

As fotografias serão publicadas quando tiver sinal suficiente pois vale a pena vê-las.

Hoje é o dia nacional da França, dia da tomada da Bastilha, e como tal também havia desfiles com a pompa de uma pequena cidade que as circunstâncias exigiam.

Perto fica a área megalítica de Carnac onde estivemos há muitos anos (1987) quando o A. veio pela primeira vez nas maravilhosas férias que fizemos ao longo de muitos anos.

Lembro-me que lhe tiramos uma fotografia numa perspectiva tal que parecia o Obelix carregando um menhir às costas... Hei-de procurá-la.

Editado com fotografias de Vannes

image.jpg

image.jpg

image.jpg

image.jpg

image.jpg

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 13:33 | link do post | comentar | ver comentários (6)

"À manivela"!

A internet é tão, tão lenta que não me permite publicar uma fotografia que seja! Ficam para quando estiver no Areeiro.

publicado por naterradosplatanos às 08:49 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 13.07.15

E por aí... Le Monde e Le Figaro

Normalmente compramos o Le Figaro porque o Le Monde só sai à tarde mas, agora em plena crise grega às vezes compramos os dois par confrontar opiniões.

Ora hoje um dos artigos do Le Figaro dizia o seguinte: podemos comparar os gregos a um doente que dizia OXI ao remédio que lhe foi receitado mas a quem o médico obriga a tomar dizendo NAI !

 

Com todo o respeito pelos gregos, é muito esclarecedor lermos outros jornais que não os nossos!

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 18:09 | link do post | comentar | ver comentários (1)

E por aí... OFFLINE !

Antigamente, no tempo dos filhos a escolha dos campings era baseada não só na qualidade, mas sobretudo na existência de piscina, pois nessa altura no Areeiro ainda não a tínhamos e portanto era qualquer coisa muito desejada.

Hoje os parâmetros modificaram-se ligeiramente. A piscina já não interessa mas o Wi-Fi tornou-se condição sine quoi none!

Porém como a internet ainda não é tão ubíqua quanto podemos pensar e como estamos na época alta dos franceses, os dois parques que selecionamos estavam esgotados, portanto não nos restou outra alternativa que não o Parque Municipal em La Rochelle... e este ainda não conhece essa mordomia!

Assim há dois dias que estamos OFF. Assim sendo, este post foi escrito offline e será publicado amanhã em Vannes!

La Rochele é muito interessante, cidade de piratas e comerciantes, mantém, na sua parte antiga vestígios desse passado.

publicado por naterradosplatanos às 18:03 | link do post | comentar | ver comentários (1)

E por aí... Duas faces da mesma moeda

Ter uma autocaravana é muito bom pois anda tudo connosco (desde a agulha com linha à esponja para limpar sapatos e muito mais) é estarmos em casa morando apenas noutra rua. Porém, como tudo tem os seus senãos e um dos senãos comprovou-se hoje quando fazíamos o percurso em volta da Bacia do Arcachon. A intensão era pararmos em Andernos Les Bain para passearmos no Front de Mer, tomar o café e ler o Le Figaro numa esplanada contemplando o golfo. Depois "flanêr" na cidade onde a produção de ostras compete com o turismo de praia. Mas qual quê? Logo à entrada uma postura municipal informava da proibição de estacionamento de autocaravanas em qualquer lugar que não fosse num parque próprio lá para a saída da cidade. Recusamo-nos nos a tal já que hoje a temperatura prevista era de 30º e nós que vínhamos em busca de tempo fresco... P.s o Wi-Fi por aqui é mt fraco e não permite publicar imagens. Fica para mais tarde.

Editado com as imagens que na altura não foi possível publicar

image.jpg

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 15:22 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Reflexões e não comparações...

Viajar com o filhos enquanto crianças/adolescentes é muito compensador isto na medida em que vemos coisas que provavelmente não iríamos ver sozinhos, por exemplo não teríamos esperado duas horas e meia para subir no comboio de cremalheira até La Rhune, não nos teríamos esforçado até ao topo da Duna do Pilat para nos deslumbrarmos com o mar azul lá em baixo, não visitariamos o parque ornitológico ou mesmo tomado o hovercraft para St Helier ou ainda fazer uma visita a o interior de um qualquer Palácio do Vale du Loire...

Agora é diferente, não há propriamente desígnios a cumprir apenas "flanêr" quase sem propósitos...

 

Estou a escrever este post na autoestrada para o Arcachon que resultou do alargamento da velhinha RN10 que ligava a fronteira francesa a Paris e tantas vezes percorrida por nós.

 

Os pinheirais que a ladeavam desapareceram e agora é assim:

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 14:48 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Quarta-feira, 08.07.15

O passado que ainda está presente...

Não Patrícia, não me refiro às nossas viagens, refiro-me a St Jean de Luz que paredes meias com Biarritz é muito mais interessante. Talvez o lugar onde está implantada também favoreça o ambiente. Claro que os edifícios de Biarritz refletem um passado de Belle Epoque de maior luxo, mas St Jean de Luz também ainda conserva muitos dessa época, daí o título do post.

 

Na praia da baía ainda podemos ver as barracas listadas que tanto charme deram ás praias de antigamente e que aos poucos foram trocadas pelos tropicais chapéus... que eu não sei bem do que são feitos!

 

 

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 16:07 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Terça-feira, 07.07.15

Merko Lacarra...

Claro que este nome basco não diz nada a ninguém incluindo a mim. É o nome de um parque de Campismo perto de S. Jean de Luz situado em cima de uma arriba com o mar à distância de uma escadaria.

Tem pouca gente o que é estranho dado estarmos em Julho! O parque é excelente, alvéolos generosos e relvados, sombras poucas, mas nestes lugares também não são absolutamente necessárias.

Numa volta ao parque fotografei esta:

image.jpg

publicado por naterradosplatanos às 20:55 | link do post | comentar | ver comentários (3)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Julho 2015

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
19
25
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO