Terça-feira, 29.05.18

Um dia no papel de turistas

 

O autocarro 728 vai da Estação do Oriente até ao Restelo, sempre contornado o Tejo pela tal Lisboa “feia” de que falei e só em Santa Apolónia entra na Lisboa de ar limpo e amplo... o caminho de ferro ficou para trás e isso explica tudo.

O 728 atravessa agora o Terreiro do Paço e a enorme praça amarela, pelas nove horas, está já cheia de turistas... nós senti-mo-la de dentro do autocarro que continua até ao Cais do Sodré...

Até aqui, veio praticamente vazio como é próprio de um domingo de manhã...  então acontece a “invasão”, não erro se disser que uma centena de turistas entram e se comprimem uns contra os outros... Santos, Alcântara, Belém sem qualquer possibilidade de mais alguém entrar! Nós, sentados no nosso lugar ia-mos apreciando toda aquela gente: os olhos oblíquos e a língua, não nos deixavam dúvidas dos que vinham de terras longínquas, mas também havia “nuestros hermanos” daqui ao lado, italianos, franceses e uma grande maioria da língua que se vai tornando universal.

Os Jerónimos aproximam-se, o autocarro pára e uma golfada de gente sai no seu destino pré determinado...

 

Nós que só estávamos a “fingir de turistas” virámos em sentido oposto  e logo ali, numa esplanada bem perto e ainda sem multidões... fomos sim, cumprir o ritual do pastel de nata!

68DE34B6-1336-47A6-A6E4-882EB1453D74.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 08:58 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Segunda-feira, 28.05.18

A mochila...

 

Uso sempre mochila e por isso tenho várias, umas mais refinadas, outras de turista, amplas, que “esticam” na medida que levam sempre mais alguma coisa: casacos, lanche, garrafa água, os jornais e mais o que se vai adquirindo pelo caminho.

Porém esta que vos mostro e que me foi oferecida pela Fátima é pequenina e muito leve... uma mochila adequada aos nossos périplos onde só vai o porta-moedas, o passe e a identificação.

 

Gosto imenso dela!

 

633A29E3-A4A2-409C-B792-9A83113BD3E8.jpeg

 

tags:
publicado por naterradosplatanos às 21:45 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 26.05.18

Lisboa também tem sítios feios!

 

Hoje com outra companhia que não a da Fátima, fui continuar a descobrir lugares de Lisboa que desconhecia... Stª Apolónia, Madre de Deus, Xabregas... É a Lisboa “afastada” do rio, a Lisboa que a linha férrea não deixa brilhar! 

Como parecer ser norma, em muitas das grandes cidades, estas também são áreas desinteressantes...parece que o vai-vem dos comboios lhe suga qualquer hipóteses de terem a chance de se embelezarem!

 

A única coisa interessante que se nos depara é este mural que me parece representar o Adamastor!

 

2A2B10E9-FAF4-4C10-9AD1-C4CDC53EECC0.jpeg

 

 

 

 

tags: ,
publicado por naterradosplatanos às 16:19 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 24.05.18

Querida Kyle**

 

Escrevo-lhe para lhe dizer quão agradável foi receber o seu comentário ao “Grande Mapa do Mundo”! Muito mais de alguém que está a tentar aprender a expressar-se na minha língua e que se dispõe a esclarecer alguém verdadeiramente ignorante na  sua.

Não sei há quanto tempo passa pelo “ No Areeiro e por aí...” mas certamente já reparou que é um  blog simples que escreve sobre “faits divers” (traduzido do francês: coisas diversas, variadas, relativamente pouco importantes...) que se vão passando. 

Espero sinceramente que continue a passar por aqui e a comentar se for caso disso!

 

83536A9F-BCDA-426C-9995-45E1E90843C4.jpeg

 

 

** parece-me que Kyle é um nome feminino e assim a tratei, estarei certa ou errada?

 

 

publicado por naterradosplatanos às 18:24 | link do post | comentar | ver comentários (4)

No Areeiro num dia de chuva...

... é nestes dias que o meu jardim fica mais brilhante! 

 

7B48936D-2D6A-4E0B-BE71-181A11B0DC36.jpeg

B88E3B39-CD25-4A9F-89C9-A058424F51D7.jpeg

066D4465-8004-40B2-85CD-3695D2543D33.jpeg

 

tags:
publicado por naterradosplatanos às 10:43 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Quarta-feira, 23.05.18

O jardim da minha mãe... visto de cima

Visto de cima o jardim da minha mãe está assim:

7F47FFBE-7152-4F7F-8A3D-95883AA9A74A.jpeg

F4F8DE91-6F9B-42E4-A865-66B89A42AF9C.jpeg

001D21A6-BA82-4476-B175-C83C3F32CCE9.jpeg

D85AEB2C-B81D-4C27-BE65-5FBA413663EC.jpeg

612E8BE5-9CC6-4996-8285-7F7B367EB320.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 17:39 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 18.05.18

2.ª parte do Périplo...

...continuando sempre a pé, a  Praça da Alegria aparece-nos do lado esquerdo, as árvores tropicais não estão agora floridas como acontecia em pleno inverno...

Continuando sempre a subir estamos na Rua da Escola Politécnica, um pouco mais à frente aparece o portão do Jardim Botânico a ele só poderia fazer críticas pois apesar da aclamada revitalização de um milhão de euros, não ficou muito melhor do Jardim Botânico do Porto que então tanto critiquei.

...

A Estufa Fria, a meia dúzia de paragens de autocarro, faz-nos entrar numa espécie de paraíso subtropical, numa profusão de verdes, numa luz coada e onde o barulho da cidade não entra...

As fotografias não desmentem a paz que lá se sente! 

E5A70918-6815-4889-BD73-B00C134662E4.jpeg

8310E7E1-1494-4D33-9186-90F0D156BA0D.jpeg

C4407FBB-E143-48E6-A3B4-34D0BB1E504F.jpeg

7363FD3D-24F4-4EBA-9F8D-C0D165D10325.jpeg

 À saída indagámos de quem tem a responsabilidade desta impecável manutenção, ao que nos responderam que é a Câmara Municipal de Lisboa e que lá trabalham apenas quatro jardineiros!

 

Perguntamos se tinham Livro de Elogios, disseram-nos que não e estenderam-nos uma folha onde então deixámos os nossos!

 

 

❤️❤️❤️❤️

Agora, digam lá se a minha companhia não é linda!

F41ABF42-10F4-4636-8DF7-22553F19DC18.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 20:31 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Terça-feira, 15.05.18

Já 5!

Há uma semana o meu outro H. fez 5 anos, já 5(!) quando parece que foi há pouco  que me anunciaram a sua chegada... e no próximo Setembro já irá para escola! 

Hoje recebi duas fotografias que auguram êxito na sua próxima etapa... repare-se na expressão da borboleta!

E11BC308-9EE6-4D25-A616-14F4BD208641.jpeg

C65615C4-19A3-4CF1-BF2D-36D7632BC210.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 20:21 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Sábado, 12.05.18

O GRANDE MAPA DO MUNDO...

 

Os “périplos” entraram na nossa rotina quando nos encontramos em Lisboa. Conforme se vão somando mais felicidade nos trazem: as duas deambulando pela cidade com a conversa a ser como as cerejas, numa perfeita amizade que começou com uma relação professora-aluna, aqui há muitos anos...

 

Desta vez não foi um simples deambular ao acaso como já aconteceu, não, desta vez saiu da carteira da Professora que agora o é, um mapa... logo o nosso périplo ia ter uma rota pré-estabelecida que nos iria ocupar toda a  manhã...

 

Aqui está ele, reparem no título (todo o mapa obrigatoriamente tem que ter um título!)

O GRANDE MAPA DO MUNDO

 

F7D5FDC2-0582-41E6-A635-81AB4D923B22.jpeg

 

Título enganador? Não, porque aqui está mesmo o mundo! Sim pode parecer exagero mas não o é  pois, percorrendo as ruas sem pressa, olhando as fachadas, as varandas e os seus estendais, olhando o que se alinha nos passeios, espreitando dentro, mirando as montras, olhando os transeuntes... concluímos que realmente aquilo não é um mundo, mas é “O” mundo!

 

E porque insisto que aquilo é “O”mundo? Pelas suas gentes, pela forma como se vestem, pela língua que falam, pela  cor da sua pele... e não se pense que só a cor acastanhada e os olhos negros o habita, não, a pele branca e os olhos claros também lá estão num qualquer AL... embora de passagem, de mochila às costas e no passo apressado de quem tudo quer ver no pouco tempo que tem!

 

Como duas professoras, uma que foi e outra que é, a nossa observação foi forçosamente diferente de quem o visita pelo típico, pelo colorido... e assim de “cabeça no ar” e refletindo sobre certos pormenores, fomos constatando que o título do mapa que nos guiava era a mensagem certa para quem percorresse aquelas ruas sinuosas, que ora sobem ora descem a encosta...

 

Observemos na fotografia que se segue e a roupa estendida nas três varandas: 

 

DD0E006A-1071-4DD7-BC06-2598F4F11BFB.jpeg

 roupas de “três mundos”, no primeiro andar os saris indianos, no segundo roupa de alguém autóctone e no terceiro parece adivinhar-se origem africana.

 

Depois veem os chineses, não as lojas dos chineses que nos vendem a nós quinquilharia, mas a loja do chinês para chinês ao estilo de mini-mercado de bairro... na porta seguinte a imobiliária franchisada com promotores chineses, não deixa enganar da importância atual desta comunidade.

4BE427DD-4E23-47BC-B445-A7942B130850.jpeg

FD8EFA76-5F02-49E0-95F3-94069AE8FBF8.jpeg

D511114F-22A5-456A-8370-EAF45577C5D2.jpeg

 

Numa rua mais além está o Nepal e o mundo tibetano, logo a seguir um Mimi-mercado do Bangladesh...  e o Cabeleireiro que embora se anuncie de Paris não deixa enganar a quem serve!

 

39CF7DF4-866F-4D03-A78B-E11B886D6817.jpeg

9169FF4F-1BC2-448F-8691-A5C6A5523D56.jpeg

80EA7422-7C98-42D4-97F9-CB277F6A0CFB.jpeg

 

Ao fundo da Rua do Benformoso vendem-se capulanas e os alfaiates atendem os clientes da terra longínqua...

 

As duas mesquitas que o Grande Mapa do Mundo assinala, não estão visíveis, um vizinho a que nos dirigimos pergunta-nos se vínhamos para o culto(!!). Não reparou certamente nos caracóis soltos e livres de uma de nós... ficámos a saber que só abre a certas horas!

 

Demos ainda conta da agência de viagens Malik que leva peregrinos a Meca (Haj Umra significa peregrinação em árabe) e um “talho halal” que só vende carne abatida de acordo com os preceitos do islão.

 

9B812780-FB99-468E-86E1-CEC54501135B.jpeg

 

 

287CF830-7D5B-4FE3-8888-9D18EAC1572D.jpeg

 

Deparamo-nos também com um  “placard” de anúncios temporários, em chinês e por ele só ficamos a saber que o que quer se anunciasse era 5*****!

1ED1ED02-1853-4588-AC32-F77784FBE332.jpeg

 

Por fim (só porque o post já vai longo) sentado num banco, um Sikh no seu turbante laranja, cofiando a barba já branca tomava conta das caixas da fruta, numa loja onde quase tudo se vendia...

 

78709AA5-91F9-41B9-BB58-36750DBAABDB.jpeg

 

 Rua a rua um infindar de cores, de cheiros e de gentes...é assim a Mouraria, pertencendo a todos um pouco!

 

publicado por naterradosplatanos às 20:35 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Sexta-feira, 11.05.18

Chapéu novo!

A poucos interessará a notícia, talvez aos meus filhos e pouco mais...

Pois é, o verão está aí e o “chapéu” velho de sete anos teve que ser substituído!

 

Aqui vai o novo:

 

314502C7-7020-42FA-A116-50C87A645FB2.jpeg

4CA1E8CE-8350-4823-AAA4-3C7B60CCF26A.jpeg

 

tags:
publicado por naterradosplatanos às 12:29 | link do post | comentar | ver comentários (4)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Maio 2018

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
16
17
19
20
21
22
25
27
30
31

posts recentes

últ. comentários

  • O Henrique é um verdadeiro observador, em que alia...
  • Eu dispenso o Verão Alentejano. Por mim, está bom ...
  • Mas que comentário cheio de força!!
  • Meu Deus que Maravilha Bj
  • O H. é um poeta!AbraçoRV
  • Um jardim azul numa sinfonia de tonalidades!
  • Tudo azul, que bom e que bonito!Abraço
  • ... por ' trás ' do cinza, o céu continua azul!, ...
  • Adoro! (também estive no Porto este fim-de-semana!...
  • Não sei onde irá encontrá-lo!Por aqui chove!Abraço...

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO