Sexta-feira, 07.05.21

Eu, do Nada...

Li o livro há poucos dias e porque me impressionou achei que devia escrever sobre ele tal como fiz com o Nomadland.

Gostei imenso! A Autora tem uma  forma muito interessante, peculiar direi, de dizer as coisas, de contar a história! O contexto histórico vem do passado até um quase presente... a história começa com as Invasões Francesas e termina no 25 de Abril. Geograficamente desenrola-se entre o espaço que começa nas fortificações das Linhas de Torres e estende-se até às portas de Lisboa.
É neste espaço que a história se desenrola, sempre conduzida pela linha familiar, terminando quando essa linha também termina.

As personagens, são filhas, mães, pais, avós, tios... família alargada que, com as vicissitudes das vidas, se vai estreitando, deixando o Eu na solidão do seu coração... um coração que abrigou amores muito diferentes e que a autora tão bem descreve!

 

O título “Eu, do Nada” é um título curioso pois aqui o "Nada" não é um pronome indefinido mas sim um substantivo!

Leiam que vão gostar*

 

68532460-6170-42CE-BB4B-A93EF23AA5D9.jpeg

   *Isabel Tallysha-Soares, "Eu, do Nada" - Coolbooks

publicado por naterradosplatanos às 11:55 | link do post | comentar | ver comentários (3)

7 de Maio, 8 anos!

Há oito anos nasceu o bebé a que os pais deram o nome de Henrique. Foi crescendo até ao menino que é hoje, tímido ao primeiro contacto mas depois desafiante... não sendo uma criança rebelde. Menino super curioso, apaixonado também pelos comboios, quer saber como tudo funciona e que, nas suas brincadeiras a sós, também tem jeito para inventor. Já me esquecia de dizer que também tem muito jeito para a cozinha e que consegue fazer um bolo simples ele sozinho!


O pai fez-lhe uma casa numa árvore do jardim e a mãe já me disse que anda preocupado em pintá-la antes da minha próxima visita.

O jeito para o desenho também é uma característica sua, desenhos que foram evoluindo até se tornarem de uma minúcia extrema...

Num deles escreveu que quer ser maquinista e engenheiro civil tal como o pai!

Hoje os parabéns também vão  para a Fátima e para o Jorge que certamente o conduzirão de forma a torná-lo um adulto feliz e responsável tal como eles o são!

 

Henrique, parabéns da  “professora” como ternamente me chamas!

Dalma

E8007CAF-DDF0-48FA-8BFD-208A241882E6.jpeg

7EC4435C-7C94-45F9-9CF7-9B063AFDF5B2.jpeg

0A82F35C-B9FE-4208-9CD9-8017C834F966.jpeg

F71B5696-C4EA-4AB1-8EE7-12FA28160827.jpeg

5CE0FBBB-FEF3-45C3-9A69-E07DEA858E44.jpeg

BDAA935E-52E7-49BC-A687-5DD366F6AA1E.jpeg

56E71D0D-7C35-4784-8AB2-F586F177601E.jpeg

5531AF59-D019-4654-892F-2860E6872D69.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 08:00 | link do post | comentar | ver comentários (3)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Maio 2021

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
19
20
21
24
25
26
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO