Como andar “por aí…” oito, quinze ou vinte dias com uma mala de cabine!

 

 

Quando regressei dos vinte e cinco dias na Flórida prometi que explicaria como viajar tanto tempo com uma mala de cabine e hoje que ando “por aí… aqui vai o como:

 

Primeiro, toda a roupa deve ser de fácil manutenção e o mais nova possível (quanto mais nova for mais fácil é de tratar).

 

Segundo, levar 100ml (volume permitido nos aviões) de um bom detergente de máquina da roupa porque não fazendo espuma e lavando bem facilita a tarefa. No caso de a viagem demorar mais de oito dias então não se leva detergente e adquire-se um à chegada.

 

Terceiro, levar dois ou três cabides de arame (dos que vêm das lavandarias) porque nem sempre os dos hotéis saem dos guarda fatos e são necessários para pendurar e esticar bem os polos (os de boa qualidade sendo bem esticados não precisam de ser passados).

 

Quarto, todas as noites lavar a roupa interior, meias e polos e quando achamos necessário lavar mesmo calças. Claro que se a viagem for de verão é necessário lavar mais vezes do que se esta for de inverno

 

 

Agora vejam as fotografias e respetivas legendas.

 

Primeira camadana parte de baixo:

roupa interior, meias, pijama, chapéu de chuva, e kit de sobrevivência (resistência para fazer o chá  da noite,caso não haja no quarto do hotel)

Na bolsa da esquerda vão os artigos de higiene tb reduzidos ao mínimo já que nos hoteis há sempre shampoo etc. Na da direita os medicamentos do tipo SOS ou seja, um antibiótico, emodium para a diarreia (estes desde que lá andam felizmente nunca foram usados e já tive que os renovar pois passaram da validade), pastilhas para a garganta, pensos rápidos, algumas aspirinas...)

 

  

 

 

 

Primeira camada na parte de cima: chinelas e os ditos cabides, mais um saquinho que anda ali desde a nossa ida à Califórnia e para eventualmente poder ser usado. 

 

 

 

2ª camada: por baixo dos três polos vai um ou dois pares de calças dependendo da duração da viagem ( no verão vão umas daquelas que se transformam em calções)

 

 

 

2ª camada na parte de cima: por debaixo do casaco impermeável está um polar bem quentinho que mesmo em viagens de verão vai sempre.

 

 

Como veem ainda fica (sobre tudo no verão) muito espaço e nessa altura depois de passar no controlo ainda meto o computador na mala!

 

A técnica de viajar levezinha é esta pois também só levo os sapatos que tenho calçados  neste caso bem usados ao contrário da roupa assim terei a certeza de que não me magoarão), pois na eventualidade de precisar de outros, o que nunca aconteceu, sempre poderei comprar in loco.

 

Depois é só fazer uma sabonária antes de deitar, pendurar e o ar condicionado do quarto encarrega-se de secar e de manhã está tudo pronto, caso contrário deixa-se no guarda fato.

 

Experimentem e verão como é excelente não estar na passadeira rolantante à espera da nossa mala, que nos parece que nunca mais chega!!

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 10:51 | link do post