A Madona no Museu...

Bom, não é a Madona pela qual meio mundo anda curioso, mas muitas mandonas que saíram da mão de mestres pintores e que o Museu do Vaticano guardou.

Porém um desses tesouros, obra de Tintoretto, e que ocupa em exclusivo uma parede, não veio do Vaticano mas sim do Convento de Singeverga (Santo Tirso) e que juntamente com todas as outras obras estará até 2ªf no MNAA.

 

O tema absoluto é a "mãe e o menino" em versões que vão do Séc XIV até XVIII e a que é acrescentada a contemporaneidade de Chagall (1948) a meu ver um tanto deslocada dado, o período que a exposição abrange.

 

Há quadros lindíssimos, os flamengos são certamente os meus preferidos, no entanto o que mais me impressionou foi o do pintor primitivo Vitalo da Bologna, séc. XIV em que olhar da mãe e do filho são terrivelmente expressivos.

 

Se não se tratasse de uma mãe com o filho nos braços, apelidaria esse ar de irónico, trocista, até de certa malvadez, mas nada disso cabe numa relação maternal... por isso há que desvaloriza a minha interpretação.

 

Um olhar tão enigmático quanto o da Mona Lisa...

image.jpeg

image.jpeglaimage.jpeg

publicado por naterradosplatanos às 19:06 | link do post