Ainda as árvores da minha infância...

Depois de ler os comentários da Lena e da Virgínia reparei que ainda me tinha esquecido de outras árvores da minha infância: a tal cerejeira da tia Aninhas e a tília frondosa que ficava em frente da janela da vovó, que todos os anos ameaçava entrar-lhe pelo quarto!

Da janela colhiam-se as flores para o chá e as abelhas, que são inevitáveis onde há tílias floridas, eram para nós miúdas um permanente sobressalto.

Tal como aconteceu ao eucalipto da casa da Virginia também esta e as outras, que se alinhavam ao longo da rua foram cortadas para "melhoria" da mesma.

Acabadas as obras há uns bons anos, as que lá plantaram continuam infesadas e nem sei se alguma vez atingirão o porte das outras!

publicado por naterradosplatanos às 15:22 | link do post