Catalayud...

 

Catalayud é uma cidade perdida na Meseta espanhola e no reino de Aragão.

Nos tempos dos filhos, mesmo já adolescentes, passámos por aqui umas duas vezes, sem no entanto entrarmos na cidade. O parque ficava próximo mas como fim da 1ª etapa, rumo à Europa do Sul, havia que descansar, já que a 2ª era além Pirinéus.

Agora o Parque de Campismo foi substituído pelo hotel de preferência no centro das cidades. Assim foi hoje e, após os 380 km de viagem, depois de curvas e contracurvas na descida da montanha, entrámos na planura ressequida da Meseta onde as árvores só existem como pomares regados artificialmente (aqui lembrei-me da polémica que vai no Alentejo...)

O resto é o deserto e não fora a pequena dimensão (relativamente aos americanos) mais pareceria um deles, daqueles pedregosos, dos filmes de índios e cowboys (aliás, dizia-se à altura que alguns tinham sido aqui rodados!).

É nesta aridez que nos aparece Calatayud!


Estando no centro e sem muito  tempo, é o centro que visitamos.

Como todas as cidades espanholas, não fosse a península ter sido atravessada por vagas de gentes, Calatayud tem o seu “casco” antigo bem conservado, no acanhado traçado de ruas estreitas, cheias de cantos, recantos e esquinas, como é típico das cidades com passado histórico árabe. Não querendo eu dar lições de história digo apenas que estas plantas confusas eram uma forma de defesa!

A nós, fotógrafos amadores, esse acanhamento de ruas, que como disse têm razão de o ser, nem sempre nos permite fazer fotografias sem distorções... como foi o caso.

 

01A3B8F3-9CDB-466B-973F-992BE1201907.jpeg

30891061-9DDD-4ED1-8FDA-DD5956EA22C4.jpeg

AA0104CD-20FD-42C3-A240-BC486FE92689.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 12:29 | link do post