“Diários do nada”(14) papagaio na esplanada!

Ainda era cedo e o acaso levou-me por aquela rua estreita. A esplanada de almofadas cor de laranja estava portanto vazia e por isso o dono  aproveitou a falta de clientes para por o papagaio cinzento a gozar o sol da manhã!

Talvez por ser cedo ou porque as não sabia não disse nenhuma das gracinhas que com certeza já lhe ensinaram.

 

D8174AA5-8AFF-4F75-A6AF-8AFB88018379.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 22:40 | link do post