Dois tempos...

Recebi há dias um vídeo que me levou a dois tempos bem distintos da minha vida. 

O primeiro desses tempos teria eu uns oito anos e foi em tempos que as crianças iam para a escola sozinhas ou em pequenos grupos de vizinhança...

Num desses dias de Primavera ou Outono deparou-se-nos pelo caminho um Teatro de Robertos, quem é da minha idade sabe-o que é:

a meio de qualquer passeio um biombo quadrangular de pano branco já coçado e sujo pelo uso; de topo totalmente aberto dois bonecos dialogavam na voz própria e sempre esganiçada, dizendo piadas um ao outro... depois vinha a confusão e a cena acabava sempre com um deles, munido de um pau, a zurzir na cabeça oca do outro!

Não sei porquê mas era esta a parte que fazia soltar gargalhadas à miudagem!

Ora num desses dias a cena repetiu-se e encontrou-nos a caminho da escola... e qual era o miúdo ou miúda que perante tanta diversão não se esquecia do tempo?!

Hoje pode parecer patético, mas naquela altura ficávamos deslumbrados com tanta palhaçada...

O deslumbramento traduziu-se nesse dia e no meu caso, numa réguada por chegar com grande atraso à escola e que nunca esquecerei!

 

O segundo desses tempos, não seria deslumbramento, mas era paixão! 

 

Estávamos então na Universidade e eram tempos de Elvis! Os discos rodavam e rodavam vezes sem conta num gira-discos que havia na sala de estar do Lar de Estudantes onde estávamos...

 

Um dia destes mandaram-me este delicioso vídeo que me trouxe à memória estes dois Tempos bem distintos e distantes na minha vida!

 

É um mimo!

 

https://youtu.be/Hlbu6SsjlSE 

publicado por naterradosplatanos às 16:15 | link do post | comentar