Imaginávamos nós, mas puro engano...

A costa das Astúrias é uma costa de arribas que escondem praia

s de águas calmas. Ao longo desta costa há lugares de pescadores que hoje devem também a sua prosperidade ao turismo. Digo hoje e digo bem pois parece que, pelo menos neste mês de Agosto, o medo da Covid19 por estes lados  não se faz sentir!

Saidos logo de manhã pela estrada junto ao mar, fomos parando aqui e ali ora cá em cima ora descendo íngremes ruelas que nos levam aos pequenos portos... 

A manhã correu assim, Ribadesella era a etapa seguinte.
Esta pequena  cidade que cresceu num estuário foi-se tornando, desde há muito, num centro turístico de praia. Já lá tínhamos estado há muitos anos e agora resolvemos voltar, mas quem diz que pudemos? Não, não pudemos porque num raio de dois quilómetros (distância fazível até ao centro, em dia de calor) não encontrámos um único lugar para estacionar!

Conformados voltámos à estrada, afinal Lhanes estava a uns escassos 15 km e é igualmente bonita... a cena repete-se, estacionar volta a ser impossível. Quem vai à praia vai logo cedo, portanto  todos os lugares em mais de meia dúzia de parques gratuitos desaparecem desde logo!

Passava bastante da hora de almoçar... solução? Fazê-lo no restaurante de uma área de serviço em plena autoestrada!!

Liçao a tirar: o mês de Agosto deve ser para as férias de quem as não pode fazer noutra altura,  o que não é manifestamente o nosso caso!

 

861EE905-DC96-4842-95D5-64C0E125E60B.jpeg

01B5749A-3EEC-4CA5-AF61-180D73628AA7.jpeg

4664BBE3-C1B6-4F7C-840C-E645D272115D.jpeg

66D31293-4F7A-4B0B-80DC-F1003236D3BC.jpeg

C7AF6ED1-614F-460E-8002-C3D2D0BF0D4A.jpeg

 

 

tags:
publicado por naterradosplatanos às 20:29 | link do post | comentar