Jardins “secretos”

Escrevi entre aspas porque para a maioria dos lisboetas será desconhecido. Quantos deles conhecerão o Jardim Alfredo Keill? Provavelmente com este nome poucos mas, se falarmos no Jardim da Praça da Alegria então será conhecido por mais.

 

Descendo pelo lado direito da Avenida deparamo-nos com a placa que a anuncia e  porque não tinha nada de especial a fazer resolvi entrar na pequena praça que pouco mais é do que o jardim.

 

O jardim é um dos jardins românticos plantados nos finais do século XIX: lago com repuxo, estátua (Alfredo Keil), árvores exóticas, grade a envolvê-lo...

Não está bem tratado... estranhamente só em Setembro deste mesmo ano de 2017 as suas nove árvores tropicais foram consideradas de interesse público!!

 

Talvez agora olhem para elas mais que não seja pelo seu enorme porte e grande beleza.

 

A árvore florida em cor de rosa é originária do Brasil (Ceiba speciosa) e floresce precisamente no Outono (Primavera no hemisfério sul).

 

80990720-B743-43C7-B0E4-D0EC9DF508FE.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 20:29 | link do post