Lollipops... Yes, we deliver!

 

Que a América já foi e que ainda é uma terra de oportunidades, pelo que vi, não me deixa dúvidas! Aqui as coisas até se tornarem ilegais podem ser oportunidades!

 

Passeando no French Quarter dei-me com desta cena da qual fiz a fotografia... e incredula com o que via!

 

Isto

 

A73BBED5-B030-424B-84A8-DC9D9DE8FAA8.jpeg

Acreditem que olhei várias vezes e até espreitei! Não podia ser! Porém  no colorido total que envolvia a carrinha dizia expressamente “weed world candies” que traduzido será  goluseimas/chupa-chupa de erva (canabis, entenda-se!).

 

Como se vê a carrinha é decorada com a fotografia de enormes “lollipops” de sabores variados: morango, mango, ananás... e outros, num fundo de folhas de Canabis!

 

Não podia crer que se vendesse droga ás claras, sabendo eu da guerra que por aqui se faz ao tráfico! 

Mais á frente, na Canal Street, vi mais duas e aparentemente com um ou outro freguêses...

Continuei incrédula  mas como não tinha, de momento, ninguém que me esclarecesse tive que esperar e só em “casa” (quando ando por aí, casa é sempre o teto que me cobre e por isso não digo hotel!) é que pude ir ao Google esclarecer-me , primeiro no www.weedwordcandies.com como vem escrito na carrinha e que apenas publicitava o negócio e daí para uma infinidade de artigos sobre o assunto e comentários.

Deduzi que se trata de um franchising, de quem? Não consegui saber!

Fiquei apenas a perceber, porque lá se dizia diretamente, que é um esquema (scam) para extorquirem dinheiro aos turistas que se convencem que os mesmos têm efetivamente  “erva”, esquema que embora tenha alguns anos só agora criou dimensão.

Realmente lá dizia que as tais coloridas carrinhas só existem nas cidades e locais de grandes massas de turistas, NY, Washington, Chicago, LA...

 

Mais se dizia que o preço é  entre $20 a $30 por cada chupa chupa... um preço assim tão elevado mais convence o incauto turista que quer experimentar tudo!!

Dizia-se também que já foram  feitas rusgas ao interior das carrinhas onde foram encontradas substâncias ilícitas, mas que são exceções embora se pressuponha que estas sejam pontos de contacto.

 

Porém, enquanto não for legalmente proibido publicitar chupa-chupas sugerindo que tem “erva”, mesmo não tendo, o negócio continuará!

 

Ai! Esta América de oportunidades...

 

C1A5BA58-2363-46EE-A505-C1226FDF0AC2.jpeg

0E2A3237-A08C-40CF-8E45-E7CD0D4938DF.jpeg

CB227EE0-F403-4550-B516-001C070598DF.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 00:47 | link do post | comentar