No tempo em que não havia “graffitis”...

 

 

Os “graffittis não decoram nem alegram as cidades, sujam-nas, desfeiam-nas, trazem com eles até uma certa sensação de insegurança...

 

Naquele tempo em que estudava em Lisboa e muito tempo depois não conhecíamos nada disso, conhecíamos sim, obras daquelas que embelezavam prédios, poucas já que eram caras, digamos, um luxo que tornavam os prédios de luxo.

 

Esta está num prédio no nº 144 da Avenida da Liberdade, um azulejo em relevo, uma obra da Fábrica Viúva Lamego da autoria de Teresa Cortez.

Lindo!

 

6924AC31-B698-44D1-9A39-74EAD2B27E1F.jpeg

F0D1CA9D-12D4-4E19-A4A4-ED0480B122BC.jpeg

8E2B6289-F2FE-411F-9F76-BEFE6013F051.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 17:46 | link do post