Periplando por Elvas...

 

Na realidade qualquer lugar é bom para “periplar” porque o que interessa é termos umas horas só para aquela conversa a que chamo “de cerejas” ou “de tudo e de nada”. Ontem, porque a Fátimo está no seu Alentejo, o périplo foi em Elvas - Património da Humanidade - e como sempre foram umas horas muito agradáveis pese o nosso objetivo, visita ao Museu de Arte Contemporânea, não se ter concretizado. Fechado na sequência da COVID, só reabrirá em Outubro!

Não importou, as ruas conseguiram pelas suas casas e palacetes chamar-nos à atenção e suscitarem-nos comentários que foram entremeados pelas nossas outras conversas...

Gaspacho e omeletes de espargos verdes, remataram o nosso périplo... seguiu-se o resto da tarde entre uma amorosa família alentejana em que eu sou tratada com muitos mimos mas sem cerimónia, como eu gosto!

 

6FC98D35-8D73-4CA4-8FB4-7A78699C98EB.jpeg

04ADAE4B-E38D-4E25-AF48-7B76F95FC05B.jpeg

389F1B00-A125-4028-A9F1-B0177D124E36.jpeg

10EF2915-0A6C-46CC-BD5C-2BB4483973CA.jpeg

2377B47F-FC88-459D-8915-1BBB83947D73.jpeg

7DE37F31-FB9A-4CD4-95CE-7357A1EE7321.jpeg

 

publicado por naterradosplatanos às 14:20 | link do post