Poema...

Alguém que me é muito muito querido, enviou-me este poema. Não lhe pedi licença para o publicar mas sei que ela ma daria!

 

Esquecer

Esquecer e esquecer tudo
duas vezes
o que não interessa
e saber a permanência
credível e segura
de todos os Invernos
a gerar Primaveras.

 

 

publicado por naterradosplatanos às 16:02 | link do post