Se calhar eu é que não estou a ver bem!

 

Nos tempos em que não havia peru todo o ano, bolo-rei na maior parte dos meses, rabanadas e filhoses uns três meses antes do Natal, ainda se justificava que houvesse vários pratos e uma mesa cheia de sobremesas. Hoje, do meu ponto de vista, claro está, não se justifica!

Nalguns pratos não se toca, nas sobremesas, em tempos que o açúcar é proscrito acontece quase o mesmo, a não ser que haja uma gulosa como eu!

Talvez eu pense assim porque a tradição me diz pouco e a minha racionalidade negue a necessidade de exageros.

 

Mas concedo que seja eu que estou errada...

 

A mesa estava muito bonita

C12FC416-BF42-496B-A375-2EF65E4127FC.jpeg

 

E o pudim que a avó Alda nos legou estava lá...

6ADECEDF-E8FF-4300-85A9-1A88D556BBC4.jpeg

 

tags:
publicado por naterradosplatanos às 14:57 | link do post | comentar