Segunda-feira, 18.03.19

Flórida, I hope...

 

... we could see you in a near future!

 

Sim, espero que possa voltar por uns dias, nesta época amena. Voltar ao Broadwalk e simplesmente passear!

 

Estamos de partida, o avião que nos vai levar acabou de chegar e amanhã pelas 6 da manhã havemos de estar aí.

 

Até amanhã!

Depois contarei mais algumas coisa destas terras e que eu acho que vale a pena deixar aqui!

publicado por naterradosplatanos às 20:16 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 17.03.18

SoBe...

 

Os americanos frequentemente condensam os nomes  em diminutivos, assim SoBe é o nome porque designam vulgarmente South Beach.


Passear pela Ocean Drive, pela Collins ou Washington Avenue é um ato de prazer.
É obrigatório subi-las de desce-las (não sei se é correto assim dizer já que tudo se passa no plano horizontal). Obrigatório é também que isso se faça de cabeça no ar (na verdadeira acepção da palavra), esquecer as multidões que deambulam nos passeios e os carros topo de gama que por nós passam... Esta é a única maneira de nos deslumbrar-nos perante tanta harmonia.

 

South Beach tem 800 edifícios classificados e intocáveis no estilo Art Deco, daí ser designado por Art Deco District. Diz-se que em nenhum lugar da Europa há uma representação deste período tão concentrada como aqui.

 

Se a Art Deco se caracteriza essencialmente pelo tipo de decoração que apela à natureza é natural que aqui, o ambiente tropical tomasse conta dessa decoração. Assim os edifícios de linhas simples e de cor pastel são enriquecidos por motivos oriundos da natureza que a envolve: flamingos, palmeiras, orquídeas, pássaros... a que também se juntam padrões geométricos e motivos náuticos lembrando o oceano que tem em frente...
As palmeiras que se alinham ao longo dos passeios nem sempre nos deixam fazer as melhores fotografias, de qualquer maneira aqui vão algumas e quem ficar curioso sempre pode ir ao Google...

 

2A535883-416A-466A-AC65-97697B0797EC.jpeg

108F3753-AEF2-477A-97E7-C8B3C29CD3F0.jpeg

1DA904B6-D912-4B75-8034-B8431260D4D9.jpeg

 

11633ACB-9E82-45A8-A6BD-8C0E5D858C65.jpeg

7A5B8FF9-A108-43B5-BB1B-9D22714F3F09.jpeg

9F38226F-E20E-4370-A6F8-49BE67837AAF.jpeg

 

4D33A644-9EFA-41CB-926C-81328B6561BC.jpeg

61AFC686-51C1-43AD-8B54-FD1DA7D8DE96.jpeg

2EACC9CE-A38C-4100-BDB6-2A740EB8810E.jpeg

B0E8FAA5-BAEF-4BB8-A168-549A2AD96DC9.jpeg

BEEED445-AB0E-4DAA-AE68-5DBA97528663.jpeg

9EB99D84-BEA2-4438-9CDC-2DEF66398E54.jpeg

7716B205-E87F-4691-B2C8-91E2EB71B36E.jpeg

 

551A3FB0-0405-40F7-99D3-61139A05A871.jpeg

 

 

publicado por naterradosplatanos às 21:59 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 07.03.12

E por aí… amanhã é o último dia por aqui!

 

Ao contrário de que costumo fazer hoje vou falar do sítio: Miami.

 

      

Bem diferente de outras  grandes cidades, aqui os arranha-céus não fazem sombra uns aos outros e muito menos tornam as ruas sombrias, porque são  espaçados e as ruas e avenidas muito largas. Depois há o mar, melhor o Atlântico que aqui é azulado, ao longo do qual podemos passear num passeio ladeado de palmeiras extremamente bem tratadas. A cidade é ampla, os edifícios claros, o trânsito ordenado e a cidade escrupulosamente limpa, mesmo nos sítios mais afastados do centro.

Na rua circulam gentes com vários tons de pele, o inglês mistura-se com o espanhol a todo o momento e o ambiente é calmo e relaxado, easy going,  calmado y relajado,  conforme a língua!

As pessoas são simpáticas e cumprimentam a todo o momento e muitas vezes perguntam de onde somos.

Ontem enquanto esperávamos que uma ponte levadiça, sobre um braço de mar, baixasse um ciclista pergunta-nos: where are you from? Quando respondemos Portugal disse-nos: nunca lá estive mas sei que é bonito e tem boa comida e que agora o governo anda com problemas de e fez aquele gesto que é capaz de ser universal para exemplificar o dinheiro! Acrescentou que é suíço mas que vivia há 22 anos em Miami… entre tanto a ponte desce, o transitorestabelece-se, um aceno de mãos e o bye de sempre entre uma troca de sorrisos mútuos. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tags: ,
publicado por naterradosplatanos às 03:27 | link do post | comentar | ver comentários (6)
Segunda-feira, 05.03.12

E por aí… Onde estão elas?

 

 

      

 

 

 

 

Sempre ouvi dizer, mesmo desde quando a Geografia nos obrigava a decorar as produções daqui e dali, eu aprendi que uma das grandes produções da Flórida eram as laranjas.

Quando preparava a viagem também li no Michelin  que a fama das laranjas aqui produzidas era tal que, noutros tempos, um tal Czar da Rússia, mandava barcos seus fazer carregamentos delas aqui à Flórida.

 

Também é verdade que as laranjas estão presentes nas decorativas matrículas dos automóveis deste Estado Americano mas,  onde estão as laranjas da Flórida?

 

De Miami, subimos  a costa para Norte, depois contornamo-la pelo Golfo do México, de seguida descemo-la pelo interior até ao ponto de chegada, num total de 4 230 km,  e que é das plantações de laranjeiras? Não vi! Nem sequer no jardim de uma das centenas, milhares de vivendas ao longo das ruas ou mesmo das estradas!

 

E no supermercado? Produzidas na Flórida, também não, mas vi e comprei  estas com a proveniência que a fotografia mostra - CALIFÓRNIA!

 

Então o que se vê ao longo de 4 mil e tal quilómetros? Vi sim extensões enormes de pinheiros plantados a rigor! Pois, lá dizia Camões "mudam-se os tempos, mudam-se as vontades" traduzindo para os dias de hoje, só se cultiva o que dá lucro! E o que agora deve dar lucro são com certeza os pinheiros!

 

 

 

 

 

Aqui estão eles densos e alinhados (mas numa fotografia tirada de dentro do carro e portanto de má qualidade)

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 22:35 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Domingo, 04.03.12

E por aí… Onde o Norte se mistura com o Sul!

 

 

 

 

 

  

 

     

 

 

Se algum sítio há onde esta mistura se faz é precisamente na costa de Miami.

Ontem em Fort Lauderdale assisti a um curioso casamento em plena praia. Foi já no fim da tarde, ouviu-se uma música de violino e uma dúzia de pessoas atravessa as faixas do Boulevard em corrida… na praia um “altar” improvisado, e que não era mais do que a estrutura das barracas das nossas praias! Estava engalanada com flores brancas e balões da mesma cor, nela a noiva e o noivo vestidos a preceito e um terceiro interveniente que, de papel na mão, lia em espanhol o que me pareceu ser do mesmo teor que nas nossas terras. Os convidados  todos  vestidos de forma própria para a cerimónia…

 

Então os noivos seguraram as mãos, uma mão cor de caramelo segura uma branca rosada... mais umas palavras... de novo acordes dos violinos e o tradicional beijo! 

 

A partir daí retirei-me pois os convidados começavam a cumprimentar os noivos e… eu, eu não tinha sido convidada!

 

 

 

 

 

 

 

E este mar foi testemunha...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 22:16 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Quinta-feira, 23.02.12

E por ai… St. Augustine uma cidade espanhola na América!

 

    

 

 

 

 

 

 

 

 

Se por passe de mágica fossemos teletransportados para St. Augustine, diríamos que estávamos num qualquer bairro de Sevilha ou numa qualquer cidade do sul de Espanha!

 

Lendo um pouco da sua história ficamos a compreender que toda a arquitectura é consequência desta área ter sido ocupada durante 265 anos por espanhóis, ocupada efectivamente por tropas aguerridas e não por simples colonos desejosos de melhorar as suas vida ou então por hispânicos vindos das Caraíbas. Na realidade não ouvi uma única palavra de espanhol, no entanto as ruas ainda mantêm os nomes, tendo sido apenas a “calle” substituída por “street”: Cadiz St, Cordova St, Sevilla St… e nem sequer falta um forte exactamente com a traça dos nossos e dos espanhóis. Aliás, o nome St Augustine foi-lhe dado por Menendez de Avilez quando aqui aportou em honra do padroeiro de sua longínqua terra em Espanha. St. Augustine será mesmo a cidade mais antiga dos Estados Unidos.

  Segundo o que li, depois desses 265 anos o rei de Espanha e depois de muitos ataques de piratas, entre eles o Francis Drake (que nós aprendemos ser protegido e incentivado pela rainha de Inglaterra), trocou-a com os ingleses por Cuba. Daí para a frente a história da cidade passa pelo domínio dos ingleses, da Confederação e depois da       guerra civil pelos EUA.

 

    Mas, honra seja feita aos ingleses que a dominaram  e que em vez de lhe modificarem a traça a mantiveram e melhoraram tornando-se St Augustine uma estância turística muito importante no séc. XIX!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como viram esta cidade não tem nada de americano!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 00:11 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Segunda-feira, 20.02.12

E por aí… viajando nas estradas da América

 

E por aí… viajando nas estradas da América

 

    

 

A  América entenda-se, os EU são muito grandes e podem pensar que eu devia especificar. Porém tendo viajado já por alguns Estados, acho que neste caso posso generalizar. Se preferirmos viajar nas estradas que não as Motorways (auto-estradas) o panorama é o mesmo. Não me refiro ao panorama paisagístico mas à ocupação humana ao longo destas.

 

Como disse anteriormente à beira das estradas há de tudo, mas hoje decidi-me voltar ao assunto pelos anúncios insólitos que vi na viagem entre o Cabo Canaveral e St. Augustine, onde chegamos hoje. Tenho pena de não os poder documentar pois com o carro em andamento torna-se dífícil uma vez que quando dou por eles, já passaram!

Um dizia assim:  “Accident? Do you need a agressive atorney? Call 834-675-0963 ( teve um acidente? Precisa de um advogado agressivo? Telefone para…..) isto num enorme placar onde estava a fotografia de um senhor bem posto, supostamente o advogado! Mais à frente, “ Medical error? Call ….” (vitima de erro médico telefone para…). 

Às vezes também vêm escritos em espanhol como o que fotografei e que anuncia um escritório de advogados. 

Pelos vistos é mesmo como vemos nos filmes em que  os advogados estão sempre por perto para iniciarem de imediato, um processo contra quem lesou outro, e não é na estrada que se dão os grandes acidentes? Então que melhor lugar para se anunciarem?

 

Reparem no da fotografia que publico que vem logo por debaixo do placar que tem o numero da estrada em que seguimos!! È o que se chama anúnciar num lugar estratégico…

 

 p.s. Vivamente aconselho que, se tiverem essa possibilidade leiam Viajando com Charley de John Steinbeck, que embora escrito em 1960 retrata bem a vida ao longo das estradas 

 americanas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 22:22 | link do post | comentar | ver comentários (2)

E por aí… há 43 anos mal eu pensava!

 

 

 

    

 

No próximo dia 20 de Julho faz 43 anos que o astronauta Neil Armstrong pisou pela primeira vez a Lua.

Lembra-me perfeitamente de me levantar lá pelas duas, três horas da madrugada para ver pela televisão, então   ainda a preto e branco, esse feito tão extraordinário, brilhantemente definido pelo Presidente Kennedy como “um pequeno passo para o homem, mas um grande feito para a humanidade”.

 

Três dias depois unia o meu destino a alguém que hoje comigo visitou o mítico Cabo Canaveral de onde a missão partiu. Então, longe de nós, com projectos de vida que passavam em primeiro lugar por sairmos vivos de uma guerra colonial, depois pelo êxito no trabalho e por fim o criar os filhos, pensar que iríamos hoje pisar esse mesmo chão!

Chegamos cedo ao Kennedy Spacial Centre, já lá havia outros madrugadores como nós, os bilhetes comprados online permitiu-nos ser dos primeiros no tour

 

Aqui como é de imaginar não se tem liberdade de movimentos e como tal um autocarro leva-nos a alguns       pontos, digo alguns porque havia muitos mais, mas absolutamente inacessíveis. Aqui as deslocações entre os pontos de interesse contam-se por mais de uma dezena de quilómetros e portanto não tínhamos qualquer hipótese de indagarmos por nós: logo só vimos o que nos quiseram mostrar e não o que queríamos ver!! Mesmo assim foi interessante podermos ver à escala real uma nave do projecto  Apollo, os exíguos módolos em que os astronautas chegavam à Terra  e uma série de imagens que documentam toda a saga... 

Interessante foi também ver uma exposião de livros cujos temas eram a ida do homem a outros palanetas, escritos muito antes da era espacial começar. Lá estava pois em vitrine destacada um dos primeiros exemplares "Da Terra à Lua " de Julio Verne!

 

Ao longe conseguimos ainda divisar o Space Shutle Atlantis que a partir de 2013 estará aberto ao público.

Mas evidentemente que gostaria de ter estado perto da rampa de lançamento que, pelo que disse só pude visualizar longe, muito ao longe!

 

 

 

 

 

 

 

 

"Da Terra à Lua " de Julio Verne

 

 

 

Memorial aos astronautas cujas vidas se perderam na exploração do Espaço

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 01:19 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 16.02.12

...e por aí!...galos em vez de pombas!

 

 

Por esta não esperava eu, é mesmo a única cidade/lugar onde me deparei, em vez do arrulhar de pombas com o cocorocó de galos!!!!

 

Íamos nós caminhando ao longo de uma rua em Key West, com casas envolvidas por jardins de  palmeiras e outros exemplares tropicais quando ouço, vindo de bem alto o som estridente de um galo! Olho para o sítio de onde parece vir o som e eis que no cimo de uma palmeira, sim de uma palmeira, vejo um galo empoleirado! Atónita olho melhor… e não vejo um nem dois, mas três!!!

 

Atenta vejo que os cocorocós vêm agora de todo o lado e que lindos galos emplumados se passeiam por todo o lado, impávidos e serenos atravessam as ruas, andam pelos jardins e sem problema nenhum deixam-se fotografar pelos turistas que atónitos,tal como eu querem levar consigo esta inusitada imagem. Pombas, e gaivotas são algo vulgar, a minha outra metade já se deparou na Índia com vacas no meio da rua, fazendo desviar o trânsito, mas galos, galos vagueando pelas ruas também nunca tinha visto!

 

Aqui ficam eles, lindos e vistoso, mais uma fotografia minha junto a uma loja de souvenirs especializada em quadros a óleo… de galos, claro!

 

 

Atravessando a rua...

 

 

 

 

Este acabado de nascer já sabe andar por debaixo das mesas das esplanadas!e qualquer dia ostentará linda plumagem como o anterior!

 

 

 

Vejam como têm sucesso junto dos turistas!

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 22:43 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Quarta-feira, 15.02.12

...e por aí!

 

 AQUI

 

 

 

Chegamos dia 13 às 9 horas daqui, duas da manhã daí, mas o  “jet leg” deixa-me sempre incapacitada desde que a viagem seja feita de Este para Oeste. Isto significa que no dia seguinte às 6 da tarde já estou a dormir e daí o meu atraso.

 

As burocracias da chegada são semelhantes às da primeira vez  que cheguei a Montereal, talvez mesmo menos inquisitórias, mas no entanto sempre demoradas.

 

Miami à noite, vista da janela de um avião é maravilhosa, parece coberta de um manto de poeira dourada… As minhas fotografias nem de longe mostram o que acabo de dizer  em consequência da velocidade que o avião ainda leva.

 

 

 

 

 

 

 

 

p.s. vamos ver se consigo pôr-me em dia

tags:
publicado por naterradosplatanos às 21:46 | link do post | comentar | ver comentários (3)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Abril 2019

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
17
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

  • Dalma, aqui em Portalegre, na Serra, sempre houve ...
  • Belo percurso!Também fiz bonecas de papoilas mas a...
  • óooh!, com o AO não é bichas que se diz ?
  • RV, é uma amabilidade nossa esclarecermos os que n...
  • Eu ficaria bem atrapalhada para lhe responder em i...
  • Lena, não me lembrei da Ilha Formosa senão teria t...
  • Hoje não há distâncias. Meio mundo anda em movimen...
  • Sabe bem encontrar gente simpática. E, de facto, p...
  • As "amêndoas-pedrinhas" são o máximo!
  • É uma porta muito original e arquitectonicamente i...

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO