Sábado, 26.05.18

Lisboa também tem sítios feios!

 

Hoje com outra companhia que não a da Fátima, fui continuar a descobrir lugares de Lisboa que desconhecia... Stª Apolónia, Madre de Deus, Xabregas... É a Lisboa “afastada” do rio, a Lisboa que a linha férrea não deixa brilhar! 

Como parecer ser norma, em muitas das grandes cidades, estas também são áreas desinteressantes...parece que o vai-vem dos comboios lhe suga qualquer hipóteses de terem a chance de se embelezarem!

 

A única coisa interessante que se nos depara é este mural que me parece representar o Adamastor!

 

2A2B10E9-FAF4-4C10-9AD1-C4CDC53EECC0.jpeg

 

 

 

 

tags: ,
publicado por naterradosplatanos às 16:19 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Sábado, 08.04.17

O mundo que viaja descobriu Lisboa!

Lisboa está uma Babel, ouvem-se línguas que se compreendem, outras que não fazemos a ideia de onde vem quem as fala.

Também quem os atende nas esplanadas, nos restaurantes ou nas lojas trocou o português pelo inglês e mesmo a nós, olhando para os nossos cabelos brancos e ar de turista nos falam nessa língua que já se tornou universal!

 

Lisboa, goste-se ou não, está uma cidade cosmopolita e banhada de sol e com céu azul, está muito interessante!

 

E ao invés, Fernando Pessoa "viajará" pelo mesmo mundo nas máquinas digitais ou nos telemóveis de quem a visita...

 

 

image.jpeg

tags:
publicado por naterradosplatanos às 15:13 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Segunda-feira, 17.08.15

Lisboa já não é a Lisboa dos lisboetas...

 Hoje de passagem pela Baixa lembrei-me do prazer que a minha irmã dizia sentir no mês de Agosto por sentir  Lisboa vazia, já que a grande parte dos lisboetas estava de férias...

Dizia ela que não havia filas para nada e que mesmo à hora de ponta sempre encontrava lugar para se sentar no autocarro!

Hoje não teria esses prazeres, mas sei que não lastima que a Baixa esteja invadida por tantas línguas, tantos calções, sandálias ou havaianas... pelo ar descontraído de quem passa e do empenho de quem oferece serviços.

Neste ponto há a inovação dos "tuc-tuc" que depois das lambretas transformadas, pintadas de cores vivas ou mesmo com os desenhos de azulejos de Lisboa como estas...

 

image.jpg

image.jpg 

 

Porém vão aparecendo outros mais sofisticados, como estes "carochas", adaptados para uma visão total, conduzidos por aqueles jovens que mais parecem gondoleiros dos canais de Veneza!

image.jpg

 

Ao fim e ao cabo os tuc-tuc parece que se estão a tornar nas "gôndolas lisboetas" deambulando pelas ruas estreitas...

publicado por naterradosplatanos às 20:40 | link do post | comentar | ver comentários (2)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Dezembro 2018

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

últ. comentários

  • A letra é só a forma. O conteúdo é bem mais releva...
  • Os rapazes são normalmente mais "desconjuntados" n...
  • Tenho um escrito do Hugo arquivado e a letra dele ...
  • Ana, tu também tens a tua cota parte em lhes trans...
  • Para além da letra, o pormenor da carne da Avó Ald...
  • Também já o conheço há muito tempo e é com simpati...
  • Tb lhe desejo o mesmo, Dalma.: )
  • Exatamente,RV, é pedir de forma musical e por isso...
  • Pedir de forma musical não é tão chocante.Gosto de...
  • Os músicos de rua são, para mim, constantes sonhos...

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO