Um relvado virado para o campo...

Não há nada a fazer quando se tem um relvado virado para o campo, ou melhor há: ou se desiste do relvado, ou coração ao largo e deixa-se que ele vire campo também ou então, com persistência e assiduidade vão se mondando os dentes de leão os trêvos, as papoilas...

Foi isto que fiz ontem à tarde mas há que ficar atenta ao próximo despontar.

 

Num livro de jardinagem aconselhava, como muito saudável, arrancar as ervas à mão em vez de aplicar um herbicida, pois andando de cabeça baixa o cérebro seria mais irrigado!

 

Tem a sua lógica, não tem?!

image.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

publicado por naterradosplatanos às 11:11 | link do post