Undisclosed recipients...

Detesto receber Boas Festas integradas num molho de "undisclosed recipients"!

Eu nunca uso essa forma de o fazer, aliás acho vazio dizer Feliz Natal, e o dia antes e o dia depois, não devemos desejar que também sejam felizes?!

Dada esta minha rebeldia de pensar só costumo desejar um Novo Ano Feliz e se o faço virtualmente faço-o de forma individual e para além do trivial.

 

É pena que a virtualidade dos tempos tenha tornado os cartões de Natal "old fashion"! Trazê-los da caixa do correio, abrir o envelope, ler algo que tinha sido especialmente escrito para nós, depois olhar com atenção o cartão em si, sempre coloridos e muitas vezes com motivos só próprios das grandes latitudes era muito, muito bom...

 

Pouco há a fazer, mas eu este ano tal como o ano passado enviei quatro, todos para lá das nossas fronteiras, atravessando o oceano ou não, para amigos e amigas que sei que ainda os apreciam. Eu já recebi um!

 

Para todos os que passam aqui pelo Areeiro que o Novo Ano seja como desejam, quiçá como o merecem!

image.jpeg

Um 2017 com a tranquilidade aqui expressa neste terraço de um Jardim Infantil, num 6º andar, algures em Montreal, são os votos de quem escreve o "No Areeiro e por aí..."

publicado por naterradosplatanos às 16:05 | link do post